Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

CORF faz operação contra organização especializada em crime contra a economia popular

Os integrantes da organização criaram, em 2019, uma empresa de fachada que prometia serviços de investimentos financeiros

Policias da CORF efetuaram, na manhã desta sexta-feira, 18, a operação Trader, com o objetivo de acabar com uma organização criminosa especializada na prática de crime contra a economia popular. Os integrantes da organização criaram, em 2019, uma empresa de fachada que oferecia serviços de investimento financeiro, prometendo lucro mensal entre 16% e 20%.

Além de ostentarem uma vida luxuosa, afirmando ser resultado dos próprios investimentos, os integrantes enganavam as vítimas, fazendo com que acreditassem se tratar de um bom negócio. Os criminosos desapareciam após receber os depósitos feitos pelos ‘clientes’. O prejuízo é calculado em pelo menos R$ 1.200.000.

Foram cumpridos um mandado de prisão condenatória de um dos investigados, pelo crime de roubo, com pena de 4 anos e 3 meses e dois mandados de busca e apreensão no Cruzeiro e em Valparaíso/GO, onde foram apreendidos um veículo, uma motocicleta, cartões de crédito, aparelho celular, notebook e documentos diversos.

Até o momento foram identificadas 11 vítimas. A pena para o Crime Contra a Economia Popular é de detenção de 2 a 5 anos e para o crime de Organização Criminosa é reclusão de 3 a 8 anos.






Você pode gostar