Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

PCDF deflagrou operação que tem como alvo quadrilha que roubou carga de R$ 300 mil

Nesta quinta-feira, 30, a PCDF desencadeou a Operação Carga Pesada, tendo com alvo um grupo criminoso especializado em roubo de cargas

Foto: PCDF/Divulgação

Na madrugada desta quinta-feira, 30, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) desencadeou a Operação Carga Pesada, tendo com alvo um grupo criminoso especializado em roubo de cargas. A operação cumpre 06 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão em Vicente Pires, no Recanto das Emas, além de Valparaíso, Luziânia e Novo Gama, no Entorno do DF.

As investigações, feitas em parceria entre a 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural), 19ª DP (P Norte) e Divisão de Repressão a Roubos e Furtos (DRF), tiveram início em março deste ano, quando policiais civis da 19ª DP estouraram um cativeiro no Sol Nascente e recuperaram uma carga avaliada em cerca de R$ 300 mil.

Os investigadores constataram que cinco suspeitos renderam um motorista de caminhão na BR-080 e o levaram para o Sol Nascente, onde foi feito refém por várias horas, e a carga, retirada do veículo.

Os policiais identificaram, ainda, que os bandidos se envolveram em outro assalto praticado contra a mesma empresa, em agosto do ano passado, também na BR-080. Na ocasião, uma carga avaliada em R$ 215 mil foi furtada.

Outro delito, em abril deste ano, na Asa Sul, teve como alvo um veículo da empresa Fedex, que transportava diversos objetos eletrônicos. A vítima foi abordada e levada a um matagal em Goiás, onde permaneceu refém por horas, até que as mercadorias fossem transferidas para outro veículo.

Durante a operação, a polícia apreendeu diversas armas e dinheiro.

Operação conjunta

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os roubos eram apurados tanto pelas delegacias circunscricionais quanto a especializada. A DRF havia, em 2018, prendido integrantes do esquema criminoso, mas, atualmente, estavam em liberdade provisória.

Assim sendo, foi realizada uma operação conjunta com a finalidade de desarticular todo o grupo criminoso que agia com extrema violência.

A operação contou com apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE) e da Divisão de Operações Aéreas (DOA) da PCDF, sendo designado um efetivo de 70 policiais para os cumprimentos dos mandados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar