Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Rio libera lotação máxima em cinemas, teatros e festas

O decreto determina também que não é mais necessário haver distanciamento social nesses ambientes, apenas manter o uso de máscaras

Por FolhaPress 18/10/2021 12h42
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Matheus Rocha
Rio de Janeiro, RJ

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), publicou nesta segunda-feira (18) um decreto autorizando a lotação máxima em espaços como cinemas, teatros, casas de festa e centros comercias. O decreto determina também que não é mais necessário haver distanciamento social nesses ambientes, apenas manter o uso de máscaras. Antes, a lotação permitida era de 70% com distanciamento de um metro entre as pessoas.

Segue suspenso, porém, o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança até que 65% da população tenha completado o esquema vacinal, número que está em 61,3% atualmente.

O decreto vem um dia depois de o secretário de saúde da cidade, Daniel Soranz, afirmar que a capital fluminense tem o menor número de pacientes internados por Covid desde o início da pandemia, bem como a menor taxa de transmissão desde o começo da crise sanitária. “Nesta semana, de cada cem testes para Covid-19 realizados no Rio, somente quatro foram positivos, é o menor percentual de positividade visto até o momento”, escreveu ele em uma rede social.

Na sexta-feira (15), durante a divulgação do último boletim epidemiológico da cidade, Soranz disse que, pela primeira vez, a pandemia está sob controle do Rio. “Se não houver uma nova variante, alguma surpresa, podemos falar que estamos numa situação de estabilidade.”

Segundo o boletim, os casos de Covid e os atendimentos na rede de urgência e emergência por síndrome respiratória aguda grave estão em queda sustentada. Além disso, a fila por leito Covid está zerada. Nesta segunda-feira, parte dos alunos da rede pública municipal voltam a ter aulas presenciais. Isso inclui estudantes da pré-escola, do 1º, 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e do programa Carioca II. Já na próxima segunda (25), é a vez de alunos das creches, do 3º, 4º, 6º, 7º e 8º anos do ensino fundamental.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar