Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Ibaneis não desconsidera a realização do Réveillon nem do Carnaval

Segundo o governador do DF, Ibaneis Rocha, a decisão dependerá “da quantidade de vacinação e de pessoas internadas que vem diminuindo”

Ibaneis não desconsidera a realização do Réveillon nem do Carnaval Governador Ibaneis Rocha. Foto: Renato Alves/ Agência Brasília

Por Amanda Karolyne
[email protected]

Após participar do XLVII Congresso Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal, um dos mais tradicionais e relevantes eventos da área Jurídica no País, que começou ontem e vai até o dia 25, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, falou novamente sobre como anda a pandemia, a evolução no combate a ela as consequências que ela pode trazer, como mais algumas flexibilizações no Distrito Federal.

“Ainda não parei para conversar sobre o retorno de alguns eventos, mas o secretário (de Cultura e Economia Criativa) Bartolomeu Rodrigues, está trabalhando para que eventos como o carnaval possam acontecer. Só decidirei um pouco mais perto dependendo da quantidade de vacinação e de pessoas internadas que vem diminuindo”, considera o chefe do Executivo local. Ibaneis crê que até o final do mês poderá tomar uma postura em relação ao carnaval.

Sobre a virada do para 2022, Ibaneis disse: “O Réveillon está sendo preparado. Está nas mãos do secretário Bartolomeu, mas já está garantido cinco palcos espalhados pelas regiões administrativas e um na Esplanada dos Ministérios.” Ele voltou a falar da decepção com o Dia D. “Foi uma grande decepção, mas que vai continuar insistindo para mostrar que a vacinação é importante para conseguir a libertação que a população deseja.” Ibaneis finalizou dizendo que o passaporte sanitário ainda não é uma hipótese.








Você pode gostar