Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Ibaneis descarta comprovante de vacinação em bares e restaurante

Em São Paulo, alguns proprietários de estabelecimentos já exigem o comprovante por conta própria, devido ao aumento das infecções

Foto: Agência Brasil

Elisa Costa
[email protected]

Questionado pelo Jornal de Brasília, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) disse que não estuda a apresentação de comprovante de vacinação para a entrada em bares e restaurantes da cidade, como ocorre atualmente em outros estados. O chefe do Executivo local também se mantém contra a medida para a participação dos alunos nas aulas da rede pública.

O governo do Rio Grande do Norte, por exemplo, decretou a exigência do passaporte vacinal para a entrada em qualquer ambiente fechado, que inclui bares, restaurantes, cinemas e shoppings. O documento também determina a apresentação do comprovante em ambientes abertos com capacidade superior a 100 pessoas.

Em São Paulo, alguns proprietários de estabelecimentos já exigem o comprovante por conta própria, devido ao aumento das infecções. A medida ainda não foi trabalhada pelo governo, que delimitou que os bares e restaurantes apenas cumprissem o distanciamento entre mesas, o uso álcool em gel e máscara de proteção.

O passaporte vacinal no DF tem sido discutido desde o ano passado, e em meados de agosto, o secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha também havia declarado que não havia previsão de adoção da medida por parte do Governo do Distrito Federal (GDF).








Você pode gostar