Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Convocação de padioleiro e condutor de ambulância tem nova fase

As avaliações biopsicossocial e heteroidentificação ocorrerão entre 7 e 9 de fevereiro para padioleiro; e no dia 15 deste mês, para condutores

Foto: Secretaria de Saúde

A Secretaria de Saúde publicou, na edição desta terça-feira (06) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), a convocação dos candidatos aprovados na seleção de padioleiros e condutores de ambulância para as próximas etapas.

As avaliações biopsicossocial e heteroidentificação ocorrerão em Brasília, entre 7 e 9 de fevereiro para padioleiro; e no dia 15 deste mês, para condutores.

Os candidatos podem conferir o horário e o local no portal da banca organizadora, Instituto AOCP. O resultado preliminar das etapas será divulgado na data prevista de 19/2. Os recursos podem ser impetrados das 10h do dia 19 de fevereiro até as 23h59 de 20 de fevereiro, por meio de link também disponibilizado pela banca organizadora.

Os candidatos devem comparecer ao exame biopsicossocial munidos de documento de identidade original, laudo médico original, ou de cópia autenticada em cartório que ateste a espécie e o grau ou nível da deficiência, com o código correspondente da doença (CID) e a provável causa da deficiência. Já o procedimento de heteroidentificação será filmado e/ou fotografado, pois os registros serão utilizados na análise de eventuais recursos interpostos pelos candidatos perante a comissão.

A seleção, que teve inscrições abertas em outubro de 2023, ofertou 50 vagas e mais 250 de cadastro de reserva para condutores de ambulância. A remuneração é de R$ 3.679,26, em jornada de trabalho de 40h semanais. Para o cargo de padioleiro, foram 80 vagas e mais 400 de cadastro reserva. A carga horária é de 40 horas semanais com remuneração de R$ 3.600,72.

A especialidade de condutor de ambulância compõe a carreira de analista em gestão e assistência pública à saúde. A de técnico de apoio operacional, por sua vez, faz parte da carreira de técnico em gestão e assistência pública à saúde.

As informações são da Agência Brasília

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar