Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Seleção masculina vence a Alemanha na estreia da terceira etapa da Liga das Nações

O próximo desafio do time brasileiro será na manhã desta quinta-feira (7), contra o Canadá, às 6h, com transmissão ao vivo do SporTV 2

Por Camila Bairros 06/07/2022 8h14
Foto: Divulgação/VolleyballWorld

Não faltou emoção na estreia do Brasil na terceira etapa da Liga das Nações, última da fase classificatória da competição. A semana decisiva começou com resultado postivo para a equipe comandada por Renan Dal Zotto, que busca o bicampeonato. Na madrugada desta quarta-feira (6) a seleção brasileira masculina de voleibol venceu, de virada, a Alemanha por 3 sets a 1 (25/27, 25/17, 25/20 e 25/19), na Maruzen Intec Arena, em Osaka (JAP). O ponteiro Leal, com 21 acertos (19 ataque, um de bloqueio e um de saque), foi o maior pontuador do jogo.

A equipe do Brasil ainda contou com boas atuações do ponteiro Lucarelli, que marcou 15 vezes, e do oposto Darlan, com 13 pontos. Esta foi a sexta vitória brasileira em nove jogos. O próximo desafio do time brasileiro será na manhã desta quinta-feira (7), contra o Canadá, às 6h (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV 2.

O ponteiro Leal, maior pontuador da partida com 21 pontos, sendo 19 de ataque, um de bloqueio e um de saque, disse estar melhorando a cada jogo. “Depois de uma semana de viagem e treino, começamos um pouco devagar na partida, mas o importante é que conseguimos o resultado positivo e os três pontos para dar mais um passo para a classificação para a fase final.”

Para esse começo de jogo devagar, como disse Leal, o técnico Renan Dal Zotto deu uma explicação. “Sentimos um pouco a falta de ritmo de jogo depois de um pouco mais de uma semana sem jogar, apenas treinando. Mas pudemos tirar boas lições desta partida, estivemos em dificuldade em alguns momentos, e conseguimos sair delas. E essa maturidade é importante para a equipe. No primeiro set sentimos um pouco esta falta de ritmo, mas depois as coisas passaram a funcionar, nosso saque passou a fazer pressão, o bloqueio começou a aparecer. Foi um jogo muito equilibrado. Hoje enfrentamos uma equipe de mais força física, e amanhã, contra o Canadá, teremos um adversário que erra menos, que cada ponto precisa ser conquistado. Eles jogam com bolas mais rápidas, muito técnico e que vem dando dificuldades para todos as equipes que os enfrentaram”, finalizou.

Foto: Divulgação/VolleyballWorld

Para a etapa em Osaka, a seleção masculina conta com os levantadores Bruninho e Cachopa; os centrais Isac, Flávio, Aracaju e Léo Andrade; os líberos Thales e Maique; os ponteiros Lucarelli, Adriano, Rodriguinho e Honorato; o ponteiro/oposto Leal; e o oposto Darlan.

A Liga das Nações reúne as 16 melhores seleções de voleibol do planeta. Em 2022, a competição será realizada em duas fases. A primeira tem três etapas. Em cada uma, os times são divididos em dois grupos e cada um joga quatro vezes. Os grupos e os confrontos de cada semana são definidos por sorteio. Os oito melhores desta fase avançam para a fase final, que acontece de 20 a 23 de julho, em Bolonha (Itália). O Brasil é o atual campeão e busca o bicampeonato. 

Liga das Nações

Primeira etapa:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brasília – Brasil

08/06 – Brasil 3 x 0 Austrália (25/14, 25/18 e 25/21)
09/06 – Brasil 3 x 1 Eslovênia (25/21, 21/25, 25/20 e 25/16)
11/06 – Brasil 1 x 3 Estados Unidos (25/21, 25/27, 20/25 e 20/25)
12/06 – Brasil 0 x 3 China (23/25, 30/32 e 23/25)

Segunda etapa

Sofia – Bulgária

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

22/06 – Brasil 1 x 3 Polônia (16/25, 25/22, 16/25 e 22/25)
23/06 – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/18, 26/24 e 25/17)
24/06 – Brasil 3 x 0 Irã (30/28, 25/23 e 25/19)
26/06 – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/21, 25/19 e 25/22)

Terceira etapa:

Osaka – Japão

06/07 – Brasil 3 x 1 Alemanha (25/27, 25/17, 25/20 e 25/19)
07/07 – Brasil x Canadá, às 6h
08/07 – Brasil x França, às 3h40
10/07 – Brasil x Japão, às 7h10

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar