Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Cruzeiro vence o Sampaio Corrêa, é líder e abre 6 pontos para o 5º colocado

Uma manhã perfeita para o torcedor do Cruzeiro, que lotou o Mineirão e viu o time comandado por Paulo Pezzolano vencer pela quinta vez

Por FolhaPress 22/05/2022 1h36
Foto: Marcus Desimoni/ Portal da Copa/ ME

Victor Martins
São Paulo, SP

Uma manhã perfeita para o torcedor do Cruzeiro, que lotou o Mineirão e viu o time comandado por Paulo Pezzolano vencer pela quinta vez consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo por 2 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, com gols de Rafa Silva e Edu, a Raposa retomou a liderança da competição, que estava com o Bahia desde a sexta à noite.

São 19 pontos conquistados em 24 possíveis, uma campanha que dá ao Cruzeiro a vantagem de cinco pontos sobre o 5ª colocado da Série B, que neste momento é o Novorizontino. Ainda é só o começo, mas para quem não conseguiu brigar pelo acesso nas últimas duas temporadas, essa largada é para festejar bastante.

QUEM FOI BEM: RAFA SILVA

O atacante foi acionado por Paulo Pezzolano para o segundo tempo, para aproveitar a superioridade numérica que o Cruzeiro tinha naquele momento. E logo aos dois minutos o camisa 17 marcou o primeiro gol da Raposa no jogo, o primeiro dele com a camisa estrelada. Rafa Silva ainda deu a assistência para o gol de Edu.

QUEM FOI MAL: WAGUINHO

Fora da equipe titular desde a derrota para o Remo, em 19 de abril, o atacante recebeu uma nova oportunidade após seis jogos sem aparecer na formação inicial. Mas o camisa 11 não aproveitou a chance e, mais uma vez, teve pouca participação no jogo. Tanto que nem sequer voltou para o segundo tempo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O JOGO DO CRUZEIRO

O Cruzeiro já era melhor do que o Sampaio Corrêa, já tinha criado chances e até acertado a trave. Mas não tem como negar que a expulsão de Lucas Araújo, ainda no primeiro tempo, facilitou a coisa.
Contando os acréscimos, foram mais de 70 minutos com um jogador em campo e a partida se transformou num ataque x defesa. Melhor para o Cruzeiro, que aumentou o volume de jogo e pressionou até conseguir os gols da vitória.

DESTAQUE PARA LUIZ DANIEL

O Cruzeiro venceu por 2 a 0, com dois gols no segundo tempo. Mas não por falta de tentar e criar oportunidades na etapa inicial. O grande nome da primeira parte do jogo Luiz Daniel, o goleiro do Sampaio Corrêa. Foram pelo menos três grandes defesas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

ESTREIA DA CAMISA BRANCA

O Cruzeiro estreou a camisa branca para 2022/2023, mesmo jogando no Mineirão. O modelo é inspirado no uniforme de 1942, o primeiro do clube após mudar o nome de Palestra para Cruzeiro.

VERMELHO DIRETO

O meia Lucas Araújo entrou por cima em Neto Moura e foi amarelado, aos 25 minutos do primeiro tempo, mas o cartão mudou de cor após o árbitro Jefferson Ferreira de Moraes analisar as imagens do VAR. O cartão foi o primeiro do jogo, que até então estava sem nenhuma entrada mais dura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SUSPENSÃO

O zagueiro Zé Ivaldo está fora do jogo do Cruzeiro com o Criciúma, pela 9ª rodada da Série B. O camisa 5 foi amarelado e está suspenso.

CRUZEIRO IGUALA VITÓRIAS DE 2021

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No ano passado inteiro, o Cruzeiro venceu apenas 18 vezes, em 55 jogos disputados. Nesta temporada, em apenas 26 partidas, a Raposa já chegou aos 18 triunfos. Contando os jogos da Série B e da Copa do Brasil, o time celeste vai entrar em campo no mínimo mais 32 vezes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CRUZEIRO

Rafael Cabral; Zé Ivaldo (Geovane Jesus, no intervalo), Lucas Oliveira e Brock; Neto Moura (Rodolfo, aos 43′ do 2º), Willian Oliveira, Canesin (Adriano, aos 28′ do 2º) e Rafael Santos; Jajá (Marcelinho, aos 39′ do 2º), Edu e Waguininho (Rafa Silva, no intervalo). Técnico: Paulo Pezzolano

SAMPAIO CORRÊA

Luiz Daniel; Matheusinho, Alan Godói, Nilson Júnior e João Victor (Lucas Hipólito, aos 35′ do 2º); André Luiz, Lucas Araújo, Eloir (Rafael Vila, aos 35′ do 2º) e Furtado (Rafael Costa, aos 43′ do 2º); Gabriel Poveda (Thiago Ennes, aos 28′ do 2º) e Ygor Catatau (Wesley Pionteck, aos 43′ do 2º). Técnico: Léo Condé

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Zé Ivaldo (CRU)
Cartão vermelho: Lucas Araújo (SAM) Gols: Rafa Silva aos 2′ e Edu aos 31′ minutos do segundo tempo








Você pode gostar