Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Ciro Gomes faz pronunciamento e pede cautela em manifestações

Ciro afirmou que a maioria da população está “ao lado da ordem e democracia” e pediu cautela aos manifestantes que saem às ruas hoje

Foto: Reprodução/Instagram

O ex-governador e ex-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) fez um pronunciamento, na manhã desta terça-feira, 7, sobre os atos que acontecerão a favor e contra o governo Bolsonaro neste Dia da Independência. A fala, que foi divulgada em suas redes sociais, tem um tom crítico aos apoiadores do presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido). Ciro afirmou que a maioria da população está “ao lado da ordem e democracia” e pediu cautela aos manifestantes que saem às ruas hoje.

Ciro também afirmou que as instituições já declararam sua mensagem de liberdade ao irem contra as falas golpistas de Bolsonaro, porém, deixou uma crítica velada ao afirmar que alguns políticos foram covardes. “Alguns líderes políticos estamparam covardia e comodismo sob a falsa capa da moderação”, disse.

O ex-candidato à presidência deixou um conselho aos manifestantes que vão às ruas contra o governo Bolsonaro. “Muita atenção quanto aos provocadores profissionais e aos semeadores do caos. Não entrem no jogo deles, com seu projeto naufragado, eles querem agora naufragar, de vez, o país.”, afirmou.

Ciro deixou ainda uma crítica direta ao presidente, afirmando que a luta pela independência não é levar brasileiros à miséria. “Lutar pela independência é lutar contra a miséria, a fome e o desemprego e não levar 15 milhões ao desemprego, levar 19 milhões a fome e 119 milhões a subalimentação.”.

O ex-governador finalizou seu pronunciamento falando diretamente com a classe mais pobre do país. “Debaixo de uma ditadura, de um governo que despreza a liberdade, os pobres sempre serão os que mais sofrem, porque os mais ricos, sempre se arranjam”, destacou.

Confira o pronunciamento completo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar