Menu
Política & Poder

Bolsonaro recebe apoio de prefeitos de Sorocaba e de Manaus? no 2º turno

Antes da coletiva de imprensa com Almeida, o chefe do Executivo esteve com Manhangato, mais conhecido como Manga

FolhaPress

10/10/2022 14h13

Foto: Reprodução

Marianna Holanda
Brasília, DF

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu, nesta segunda-feira (10), o apoio no segundo turno dos prefeitos de Manuas (AM) e Sorocaba (SP), David Almeida (Avante) e Rodrigo Manhangato (Republicano), respectivamente.

Os dois estiveram no Palácio da Alvorada com Bolsonaro nesta manhã. Os ministros Ciro Nogueira (Casa Civil) e Célio Faria Jr (Secretaria de Governo) também participaram dos encontros.

“Comungo dos pensamentos dele [Bolsonaro], sou cristão evangélico desde que nasci. O que eu estava divergindo [do presidente] era em questão da zona franca e obtive todas as respostas necessárias”, disse o prefeito de Manaus a jornalistas, após o encontro.

Alemida e Bolsonaro evitaram falar diretamente sobre corte linear no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), já defendido por Paulo Guedes, e que opôs o prefeito ao governo federal.

O prefeito já criticou no passado as tentativas do governo de reduzir o tributo em produtos que são feitos na Zona Franca, e o caso foi judicializado.

Questionado por jornalistas se havia se comprometido a não mexer mais na questão do IPI, Bolsonaro disse apenas que “está tudo resolvido”.

O prefeito de Manaus também minimizou o fato de seu partido, Avante, estar apoiando o ex-presidente Lula (PT) na disputa. “Tenho minha autonomia no partido para poder escolher aquele que vai governar nosso país pelos próximos quatro anos, nos dando a condição de desenvolver nosso país”.

Antes da coletiva de imprensa com Almeida, o chefe do Executivo esteve com Manhangato, mais conhecido como Manga.

“O que tivemos agora é um apoio maciço que estão aderindo à campanha do governador Tarcísio e do nosso presidente Bolsonaro. Alguns que não declararam apoio explícito agora estão apoiando, de fato, vestindo a camisa”, disse.

De acordo com ele, há apoio de “100%” dos prefeitos da região de Sorocaba à reeleição do chefe do Executivo. Bolsonaro, por sua vez, disse que os gestores locais estavam mais empenhados, no primeiro turno, em outras campanhas, como de deputado. Mas que agora vão atuar para conseguir votos na ponta da linha para ele.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado