Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

CEO do Softbank diz que IA geral vai ultrapassar inteligência humana nos próximos 10 anos

O empresário pediu às empresas japonesas que “acordem” para sua visão de um futuro liderado pela IA, “Jovens do Japão, vamos acordar”

Imagem: Reprodução/ Getty images

O CEO do Softbank, Masayoshi Son, afirmou nesta quarta-feira, 4, que acredita que a inteligência artificial geral (AGI, na sigla em inglês) vai ultrapassar a inteligência humana dentro de uma década, pedindo às empresas japonesas que a adotem para que não sejam deixadas para trás.

Durante uma conferência corporativa em Tóquio, Son disse que “a inteligência artificial geral, ultrapassará a inteligência total da humanidade em 10 vezes” nos próximos 10 anos. Chamada de AGI, a inteligência artificial geral é o conceito de uma IA consciente e capaz de compreender e sentir as mesmas emoções e pensamentos que humanos.

“Quero estar do lado do progresso”, disse ele. “Seria triste estar do lado que é deixado para trás, como uma rua velha e fechada”. O empresário pediu às empresas japonesas que “acordem” para sua visão de um futuro liderado pela IA. “Jovens do Japão, vamos acordar”.

O empresário, fundador do SoftBank é uma figura importante no mundo dos negócios do Japão, obteve vitórias e derrotas em sua série de investimentos em tecnologia. Ele se agarrou ao potencial da internet décadas atrás e agora está buscando investir em empresas relacionadas à IA.

Na cúpula de Hiroshima, em maio, os líderes do G7 concordaram em promover uma IA confiável, e o governo do Japão está tentando fazer parte de uma regulamentação internacional para alcançar o uso confiável da tecnologia.

Son disse que o Japão não deve repetir seu erro do passado de ficar para trás na era da internet, alertando contra a relutância de algumas empresas devido ao medo de vazamentos de dados e outros possíveis riscos.

O primeiro-ministro Fumio Kishida, também falou sobre o assunto. Em um fórum científico em Kyoto no domingo, 2, Kishida afirmou que reconhece um grande potencial para a IA generativa e espera que ela contribua para uma sociedade ainda mais conveniente. Mas ele também observou a necessidade de abordar as preocupações com a desinformação e os riscos à privacidade e aos direitos autorais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O SoftBank recentemente expandiu a listagem na Nasdaq de sua subsidiária de chips Arm Holding, que Son adquiriu em 2016. Son disse que a unidade será fundamental para o desenvolvimento da IA.

Estadão Conteúdo






Você pode gostar