Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

R$ 5,5 bilhões são liberados para compra de vacinas contra covid-19

Serão compradas mais de 100 milhões de doses do imunizantes Pfizer e mais de 50 milhões de doses da AstraZeneca

Por Geovanna Bispo 11/05/2021 5h13
Foto: Agência Brasil

O Governo Federal liberou R$ 5,5 bilhões de reais para compra de vacinas contra a covid-19. O valor será destinado para a compra de mais de 100 milhões de doses do imunizantes Pfizer e mais de 50 milhões de doses da AstraZeneca.

“É importante dizer que nós já temos um contrato com o laboratório para 100 milhões de doses e, agora, estamos reforçando essa parceria com a Pfizer e expandindo para 200 milhões de doses do imunizante”, destaca o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz.

Ainda hoje, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a liberação de mais R$ 909 milhões para o enfrentamento do vírus. O valor será dividido: R$ 395 milhões serão para a atenção primária à Saúde; R$ 120 milhões para o apoio e cuidado de pessoas idosas; R$ 345 milhões de incentivo financeiro para garantir a segurança alimentar e prevenir a má nutrição em crianças menores de sete anos e gestantes com perfil no Bolsa Família; e fortalecimento das equipes de assistência aos povos e comunidades tradicionais, como quilombolas e indígenas, no valor de R$ 48 milhões.

Atletas olímpicos

Nesta manhã, Queiroga ainda anunciou o plano de vacinação de atletas e credenciados da Delegação Brasileira para os jogos olímpicos em Tóquio, Japão. “Dois imunizantes são considerados, o da Pfizer e uma doação da Sinovac (Coronavac). Essas vacinas darão segurança aos nossos atletas”, disse Queiroga. De acordo com a Saúde, serão 1.814 vacinados, entre atletas olímpicos, paraolímpicos e toda rede de apoio.

Junto a ele, o vice-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Marco Antônio La Porta, falou da importância da imunização. “É o momento mais desafiador para os atletas […] Sabemos que o atleta tem que estar seguro […] É uma tendência mundial, outros países já iniciaram a imunização das equipes”, comemorou.






Você pode gostar