Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Teatro e Dança

Mateus Carrieri e grande elenco estrelam “O Vendedor de Sonhos”

Assistido por mais de 250 mil espectadores, em suas mais de 250 apresentações, chega à Brasília o espetáculo adaptado de best-seller homônimo de Augusto Cury

Foto: Gilberto de Almeida Rosa

A trama narra a história de Júlio César, interpretado por Mateus Carrieri, que tenta o suicídio e é impedido pelo Mestre, um mendigo vivido Milton Levy, que lhe vende uma vírgula para que continuasse a escrever a sua história. Juntos, convidam o bêbado boa-praça Bartolomeu, na pele de Adriano Merlini, para a missão de vender sonhos e despertar a sociedade doente. Mas a revelação de um passado conflituoso do Mestre pode destroçar a importante missão de O Vendedor de Sonhos.

 

O livro já foi traduzido para mais de 60 idiomas, virou filme e foi a primeira obra de Augusto Cury a ser transposta para o teatro. “Ver atores interpretando os personagens, que eu construí, nas mais diversas situações estressantes em que passaram, levando o espectador a fazer uma viagem para dentro de si para encontrar o mais importante endereço que poucos encontram, o endereço em sua própria mente, é de grande prazer”, conta Cury.

A adaptação do livro para o teatro

 

A ideia de transformar “O Vendedor de Sonhos” em peça teatral nasceu durante a realização das palestras do Dr. Augusto Cury, pela Applaus, na produção do experiente Luciano Cardoso, com seus mais de 33 anos de atuação na música e outras artes. “Um dia, após uma palestra, o Augusto me disse que sonhava em ver a obra dele nos palcos e me convidou para produzi-la”, recorda o produtor.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Percebendo que a questão de as pessoas discutirem suas emoções, em especial o delicado tema que é a prevenção ao suicídio, e cientes que a relação próxima de atores e plateia “acreditamos que o teatro poderia ser positivo para que tocasse as pessoas, e isso vem ocorrendo Brasil afora e até no exterior, por meio do retorno que recebemos sobre o impacto positivo que a obra gera, o que é realmente muito gratificante”, comenta Luciano.

Sinopse

Baseado no best-seller homônimo de Augusto Cury. Na trama, o personagem Júlio César tenta o suicídio, e é impedido de cometer o ato final por intermédio de um mendigo, o “Mestre”, que lhe vende uma vírgula, para que continue a escrever a sua história. Juntos, convidam Bartolomeu (Adriano Merlini), um bêbado boa-praça para a missão de vender sonhos e despertar a sociedade doente. A revelação de um passado conflituoso do Mestre pode destroçar a grande missão do Vendedor de Sonhos.

A Brasal, grupo empresarial genuinamente brasiliense, é reconhecida pelo seu permanente incentivo a atividades culturais. Integrando o calendário de celebrações de seus 60 anos de fundação, a Brasal patrocina o Circuito do Teatro Brasileiro, uma parceria com a Deca Produções e que oferece à nossa cidade espetáculos protagonizados por grandes nomes do teatro.

Serviço:
O Vendedor de Sonhos, de Augusto Cury

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Local: Teatro Royal Tulip

Endereço: SHTN Trecho 1

Dias e horários: 2 e 3 de dezembro, sábado, às 21h, e domingo, às 19h

Ingressos:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Plateia: R$ 120 (inteira); R$ 60 (meia); e R$ 80 (ingresso solidário mediante doação de 1 kg de alimento)

Plateia Popular: R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia)

Antecipados www.sympla.com.br ou na Belini (113 Sul) sem taxas

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A bilheteria funciona no teatro apenas nos dias de apresentação, a partir das 14h até o início do espetáculo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Classificação indicativa: não recomendado para menores de 10 anos

Duração: 75 minutos

Mais informações: https://ovendedordesonhosteatro.com.br/






Você pode gostar