Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Carnaval 2024

DF vai premiar blocos de rua mais limpos

Intitulada Folia Limpa, a iniciativa busca conscientizar a população e os organizadores das festas sobre a importância do descarte correto

Foto: SLU

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) irá premiar os dez blocos de rua mais limpos do Carnaval do Distrito Federal, além do reconhecimento daqueles que tiverem as melhores iniciativas em prol da limpeza urbana.

Intitulada Folia Limpa, a iniciativa busca conscientizar a população e os organizadores das festas sobre a importância do descarte correto de resíduos, especialmente os materiais recicláveis. Este ano, a campanha terá o seguinte slogan Sem sujeira, a folia fica mais legal.

“Este é o segundo ano que estamos fazendo essa premiação. No ano passado, o retorno foi muito positivo e a competição foi acirrada, com uma grande adesão ao nosso chamado. Esperamos que, mais uma vez, a adesão seja positiva e que os donos dos blocos incentivem a manter as ruas limpas”, explica o diretor-presidente do SLU, Silvio Vieira.

Durante a folia, as ruas serão reforçadas com papa-recicláveis e recipientes específicos para coleta de vidros – tudo para facilitar o descarte adequado dos resíduos. “Além disso, sempre após os blocos, nós entramos na avenida para limpar as ruas e deixar ela pronta para o dia seguinte”, acrescenta Vieira.

É nesse momento, segundo o presidente do SLU, que será feita uma avaliação dos blocos mais limpos. A seleção ainda contará com a participação direta dos foliões, que poderão indicar o bloco mais limpo de Brasília por meio de publicações no Instagram com a hashtag #FoliaLimpaBSB acompanhada do nome do evento.

Histórico

No ano passado, o SLU recolheu em torno de 26,6 toneladas de lixo geradas pelos foliões.

Na oportunidade, foram premiados os blocos Rebu, Praça dos Prazeres 2023, Vassourinhas de Brasília, Plataforma da Diversidade, Carnapati, Bloco do Rock, Montadas, Setor Carnavalesco Sul (compartilhado com Bloco dos Catadores), Bloco Mamãe Tagua e Charretinha + Tropicaos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da Agência Brasília






Você pode gostar