Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Servidores da rede pública de saúde têm carga horária ampliada

A mudança foi realizada com a finalidade de promover maior cobertura da saúde pública em todo o Distrito Federal

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

A rede pública de saúde do DF ampliou a carga horária de mais de 144 profissionais. A mudança foi realizada com a finalidade de promover maior cobertura da saúde pública em todo o DF.

Agora, esses servidores passam a atuar no regime de 40 horas semanais de trabalho. As duas portarias foram publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira (29).

Técnicos de saúde, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, farmacêuticos-bioquímicos, fisioterapeutas, psicólogo, fonoaudiólogo, assistentes e analistas irão trabalhar mais horas semanais para reforçar as unidades.

Na semana passada, a Secretaria de Saúde (SES) também ampliou a carga horária de 395 médicos e técnicos de enfermagem.

“Estamos trabalhando para cobrir os afastamentos, principalmente em função dos sintomas gripais. A ampliação da carga horária desses servidores vai ajudar na estratégia de remanejar servidores para aquelas unidades que estão com maior carência de pessoal”, garante a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

Para o subsecretário de Gestão de Pessoas da SES, Evillásio Ramos, independentemente de atendimento médico, ampliar a carga horária também dos profissionais da área administrativa é muito importante.

“O impacto vai ser muito positivo nos serviços de assistência à saúde. Entendemos que quem cuida da parte administrativa também precisava desse ajuste de horário, para melhorar o fluxo funcional”, explica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A concessão do regime de 40 horas semanais passa a valer a partir da publicação no DODF e do ajuste nas escalas de trabalho.

Com informações da Secretaria de Saúde do DF








Você pode gostar