Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Personal que agrediu sem-teto é indiciado

Já Givaldo deverá responder por crime de difamação contra a Sandra, que tem problemas psicológicos e passava por um surto

Legião de fãs acompanhavam a chegada do ex-morador de rua e pediam para tirar foto

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) indiciou, na última sexta-feira (20), o personal trainer Eduardo Alves, que agrediu o ex-morador de rua Givaldo Alves, por lesão corporal.

Eduardo agrediu Givaldo após encontrar o sem-teto tendo relações sexuais com a sua esposa, Sandra Mara. Agora, o caso será encaminhado para o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Já Givaldo deverá responder por crime de difamação contra a Sandra, que tem problemas psicológicos e passava por um surto. Ela chegou a ficar internada em uma clínica psiquiátrica após o ocorrido.








Você pode gostar