Brasília

PCDF prende procurador que matou delegado há 13 anos

Ernandes Lopes Pereira atirou em um amigo de infância e disse que o disparo foi acidental. Investigadores, porém, descartam a hipótese

Por Willian Matos 04/03/2021 7h28
Foto: Reprodução

A Polícia Civil (PCDF) prendeu na quarta-feira (4), em Taguatinga, o procurador de Justiça aposentado Ernandes Lopes Pereira, de 71 anos. Ernandes foi condenado por homicídio cometido em 2008 e estava foragido. A ação foi batizada de Operação Eusébio.

O procurador foi condenado a 13 anos e 9 meses de prisão em regime fechado por matar o delegado de polícia do Ceará Cid Júnior Peixoto do Amaral, em agosto de 2008, em Eusébio-CE. Ernandes e Cid eram amigos de infância.

O crime ocorreu na casa de Cid. Ernandes disse que atirou sem querer no delegado após ingerir bebida alcoólica. A tese, no entanto, foi descartada pelos investigadores. O real motivo, porém, não foi informado pela PCDF.






Você pode gostar