Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Morte de indígena é investigada pela PCDF

Segundo testemunhas, um raio causou o falecimento da adolescente

Foto: divulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga a morte de um adolescente indígena de 15 anos, ocorrida na última sexta-feira (24). O óbito, segundo testemunhas, foi em decorrência de um raio que caiu na região da aldeia onde o jovem morava, no Noroeste. De acordo com as investigações conduzidas pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), unidade responsável pelo caso, a causa, porém, ainda não está definida.

O adolescente teria sido atingido por um raio por volta das 20h, segundo informações passadas por testemunhas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a comparecer no local para prestar os primeiros socorros à vítima, mas o rapaz não resistiu e foi a óbito ainda no local.

Conforme relatado à corporação policial, o jovem estaria mexendo no celular ligado à tomada, com os pés descalços e molhados devido à chuva da última sexta-feira. Quando a descarga elétrica caiu na casa onde o jovem estava, a corrente elétrica passou pelo cabo e atingiu o adolescente.

As marcas do raio, porém, não foram identificadas pela perícia e o corpo do rapaz foi levado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para averiguar as causas da morte, podendo confirmar ou afastar a suspeita de morte provocada por fenômenos da natureza. Quem acompanha o caso é a delegada da 2ª DP, Bruna Eiras.








Você pode gostar