Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Homem é preso por crime de stalking contra ex-mulher

A prisão é resultado da nova fase da Operação Perseguidores

Foto: divulgação/PCDF

Na última quinta-feira (9), a Polícia Civil do DF prendeu um homem, de 39 anos, pelos crimes de perseguição contumaz (stalking), descumprimento de medida protetiva e injúria. A prisão é resultado da nova fase da Operação Perseguidores

O autor passou a ser investigado em maio deste ano, após a ex-companheira, uma mulher de 34 anos, registrar ocorrência policial relatando ter sido agredida, injuriada e ameaçada por ele. Segundo a vítima, as agressões ocorreram após a separação do casal quando o autor teria invadido as redes sociais da vítima e descoberto que ela estava em um novo relacionamento.

No registro policial, a vítima requereu medidas protetivas de urgência, que foram deferidas. O autor ficou proibido de se aproximar da residência, da vítima e de manter contato com ela.

Mesmo ciente das medidas protetivas, o homem foi até a casa da vítima para, supostamente, buscar pertences pessoais e, após ingressar se recusou a deixar a casa até que ela chegasse ao local.

Na ocasião, após perceber que a vítima não cederia às ameaças, o autor deixou o local, porém continuou a tentar manter contato através de ligações e mensagens de texto. Dias depois, voltou a invadir as redes sociais da vítima e postou diversas mensagens injuriosas no perfil dela. Ele alterou o nome da conta para “corna mansa”, insinuando que ela era traída no novo relacionamento.

A vítima informou também que o autor fez uma postagem de uma foto de arma de fogo. Dessa forma, fez novo registro de ocorrência policial e, com os novos fatos, foi representado pela prisão preventiva do autor e por mandado de busca e apreensão.

As medidas foram deferidas em junho e, desde então, foram realizadas diversas diligências visando à localização do autor. Após tomar conhecimento do mandado de prisão, ele postou a fotografia de um trecho do parecer do Ministério Público, afirmando que a vingança da ex estava indo a todo vapor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante a investigação, foi apurado que a atual namorada do autor e o caseiro do sitio, situado em Santo Antônio do Descoberto (GO), auxiliavam o homem a fugir da ação policial. Dessa forma, ambos foram indiciados pelo crime de favorecimento pessoal, sujeitos a pena de um a seis meses de prisão.

Após diversas diligências, o autor foi localizado na última quinta-feira (9), nas proximidades da tabacaria situada no Taguapark, local onde recebeu a voz de prisão. Ele foi conduzido para a 38ª DP, onde foi interrogado e, em seguida, foi recolhido à carceragem da PCDF, onde permanecerá à disposição da justiça.

Ele foi indiciado pelos crimes de perseguição contumaz, injúria e descumprimento de medidas protetivas. Somadas, as penas desses crimes superam cinco anos de prisão.

Com informações da PCDF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar