Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Delta: GDF vai antecipar segundas doses

O novo prazo é ainda menor que o pedido pelo Ministério da Saúde, que avaliava reduzir o intervalo da AstraZeneca de 90 para 60 dias

Por Geovanna Bispo 29/07/2021 4h27
Foto: CARLOS OSORIO/REUTERS – 05.05.2021

Com o avanço da variante Delta da covid-19 na capital, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal decidiu encurtar o intervalo entre as doses das vacinas Coronavac e AstraZeneca. Segundo o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, a decisão valerá para pessoas que já tomaram a primeira dose dos imunizantes e que a segunda dose está marcada para até o dia 6 de agosto.

“Todos aqueles que estão no cartão de vacinação para a segunda dose até o dia 6 de agosto podem procurar o ponto de vacinação que será antecipada essa segunda aplicação. Todos aqueles que receberam a AstraZeneca e Coronavac – porque a Pfizer terá que aguardar até a próxima semana. No caso da vacina da Oxford (AstraZeneca), quem já tem 12 semanas pode fazer essa antecipação. Já a Coronavac, a regra é de 28 dias, mas baixou para 21 dias”, explicou.

Ainda de acordo com Rocha, essa busca pelo reforço da Coronavac e da AstraZeneca pode acontecer ainda neste final de semana, que será exclusivo para a aplicação das segundas doses. O novo prazo é ainda menor que o pedido pelo Ministério da Saúde, que avaliava reduzir o intervalo da AstraZeneca de 90 para 60 dias.

Outro motivo para a exclusividade do final de semana é a falta de primeiras doses. Para esta quinta (29) e sexta-feira (30) foram separadas 43 mil doses. Porém, apenas nesta manhã, 34 mil pessoas buscaram os postos para se imunizarem, sendo 26 mil primeiras doses e oito mil segundas doses. O GDF abriu hoje a vacinação para pessoas com 35 anos ou mais.

Dessa forma, com a previsão de chegada a novas vacinas apenas na semana que vem, apenas reforços dos imunizantes serão aplicados no sábado e no domingo. Ainda de acordo com Rocha, serão 14 pontos de vacinação no sábado e 10 no domingo.

Outra informação passada por Rocha foi sobre a reabertura do agendamento de vacinação para pessoas com comorbidades. A marcação para o grupo abrirá novamente nesta sexta-feira (30), às 11 horas da manhã, com 11 mil vagas para imunização no domingo (1°) e segunda-feira (2), na Praça dos Cristais.

Variante

Segundo o secretário da Saúde, Osnei Okumoto, a variante Delta já está em nível de transmissão comunitária. Até esta quinta, são 54 casos confirmados, sendo uma delas uma criança, que precisou passar por um procedimento de traqueostomia.  Até o momento, quatro óbitos pela variante indiana foram confirmados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atualização

No DF, a internação por complicações da covid-19 de pessoas entre 30 e 39 anos teve aumento de 30% nos últimos sete dias. Ainda de acordo com Rocha, a capital tem 6.624 casos ativos do coronavírus. Em um pior momento, os casos chegaram a 16 mil.

Nesse sentido, existem duas pessoas na fila de espera para leitos de UTIs, aguardando apenas os resultados dos exames de covid. Atualmente, existem 51 leitos vagos, ou seja, 69% de ocupação de UTIs, e 164 leitos vagos de suporte ventilatório, ou seja, 45% de ocupação.






Você pode gostar