Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Coronavac: 850 voluntários no DF deverão ser acompanhados por cerca de um ano

Serão 425 vacinas com a imunização e 425 vacinas com placebo, para garantir que o estudo seja realizado da melhor forma possível

Por Aline Rocha 05/08/2020 2h14
Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

Nesta quarta-feira (5), a Universidade de Brasília (UnB) e o Hospital Universitário de Brasília (HUB) iniciaram a terceira fase de estudos da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech. O primeiro a receber uma dose do medicamento foi o médico clinico e gastroenterologista Gabriel Ravazzi, 31 anos.

O profissional, que trabalha no HUB, não pode dar detalhes sobre o procedimento, mas disse estar “ansioso pelo resultado”. Gabriel está na linha de frente do combate contra a covid-19 no DF desde o início da pandemia e não foi infectado.

Segundo o responsável pela coordenação do estudo no HUB, professor Gustavo Romero, da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB), todos os voluntários que participarem do teste da vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech serão acompanhados por, pelo menos, um ano.

“O voluntário passa a receber informações muito claras de como o projeto está proposto. Ele precisa compreender que quando aceita participar da pesquisa, aceita a responsabilidade de ser acompanhado por um longo período, para possíveis efeitos. Ele precisa, também, estar ciente de que pode ser sorteado para receber a vacina ou o placebo”, explica o médico. Serão 425 vacinas com a imunização e 425 vacinas com placebo, para garantir que o estudo seja realizado da melhor forma possível.

Ele explicou que, segundo o protocolo desenvolvido para a pesquisa, aqueles que receberem a imunização ainda nesta quarta-feira (5) deverão realizar novos exames já na semana que vem. Os 850 voluntários para testar a vacina no DF são escolhidos entre os profissionais de saúde atuantes na linha de frente do combate ao vírus na capital.








Você pode gostar