Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Aprovado empréstimo de R$ 365 milhões para obras de drenagem

O valor convertido chega a cerca a de R$ 365 milhões e será usado para o investimento em obras de drenagem e infraestrutura no Sol Nascente

O secretário de Obras, Luciano Carvalho, reforça que a operação é um investimento na qualidade de vida do cidadão: “Com esse financiamento, vamos conseguir avançar um pouco mais na busca por soluções de problemas estruturais no sistema de drenagem e modernizar a infraestrutura urbana em áreas com alta densidade populacional” | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O Governo Federal e a Câmara Legislativa liberaram um empréstimo internacional no valor de US$ 75 milhões ao Governo do Distrito Federal (GDF). O valor convertido chega a cerca a de R$ 365 milhões e será usado para o investimento em obras de drenagem e infraestrutura no Sol Nascente, Taguatinga e outras regiões administrativas.

A operação de crédito foi feita junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) destinada à execução no âmbito do Programa de Infraestrutura e Readequação Urbana do Distrito Federal, conhecido como Infra-DF. “Conseguimos esses recursos junto a este importante organismo internacional multilateral para a execução de obras estratégicas para a população do DF e a implantação de um projeto técnico social nas áreas mais carentes onde essas obras serão executadas”, explica o chefe da unidade de gerenciamento de programas internacionais da Secretaria de Obras e Infraestrutura do Distrito Federal (SODF), Bruno Alves.

Para a aprovação do financiamento, o empréstimo precisou ser aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), órgão do Ministério do Planejamento e Orçamento, chefiado pela ministra Simone Tebet. As próximas etapas consistem na aprovação de lei autorizativa pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e autorização do Tesouro Nacional.

“Estamos enfrentando um momento difícil com a queda na arrecadação e esses recursos extra-orçamento ajudam muito no financiamento de projetos de investimento da cidade”, explica o secretário de Planejamento, Ney Ferraz, que destaca que ainda trabalha para fechar o empréstimo até o fim do ano. “É uma determinação do governador e estamos focados nisto: captar recursos disponíveis no mercado para financiar o desenvolvimento socioeconômico da região, melhorando a vida da população”, completa.

Aplicação dos recursos

O acordo com o organismo internacional estabelece que sejam investidos US$ 22 milhões (R$ 110 milhões) em obras de drenagem e readequação urbana no Sol Nascente; US$ 46 milhões (R$ 230 milhões) na implantação de sistema de drenagem pluvial e pavimentação asfáltica em Taguatinga; e US$ 6 milhões (R$ 30 milhões) em ações de fortalecimento institucional para avanço da implementação da metodologia Building Information Modeling (BIM) na gestão e fiscalização de obras.

“O acesso a esse financiamento só foi possível graças ao empenho e comprometimento da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração do Distrito Federal, na figura do secretário Ney Ferraz, que não mediu esforços para oferecer todas as garantias necessárias ao organismo internacional”, destaca Luciano Carvalho, Secretário de Obras.

Carvalho acrescenta que o GDF está empenhado em levar qualidade de vida à população de todas as regiões do DF. “Com esse financiamento, vamos conseguir avançar um pouco mais na busca por soluções de problemas estruturais no sistema de drenagem e modernizar a infraestrutura urbana em áreas com alta densidade populacional”, conclui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

*Com informações da Agência Brasília






Você pode gostar