Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Esplanada

Amazônia Conectada vai usar equipamentos chineses

Por Leandro Mazzini 11/05/2021 2h19
Foto: Governo Federal

Os chineses estão vencendo o lobby na Esplanada para emplacar seus produtos no milionário programa da Amazônia Conectada, hoje sob o bojo do Ministério da Defesa, e que vai alcançar em Julho 1,8 mil km de cabeamento óptico submerso na bacia amazônica para conectar ribeirinhos e diferentes órgãos.

O Ministério da Comunicação, a mando do ministro Fábio Faria, criou o programa Norte Conectado, e abraçou a causa puxando para si todo o programa pioneiro da Defesa, empreendido com tecnologia nacional – com exceção dos cabos, noruegueses. Agora, os chineses devem fornecer boa parte do equipamento tecnológico, em detrimento de fornecedores brasileiros.

Quem acompanha a entrada dos chineses na conexão política grita que o custo vai triplicar. A ANATEL já quer saber detalhes dessa operação generosa do MC.

Na mesma linha, o Tribunal de Contas da União e até procuradores do Ministério Público Federal entraram de braçada nesse rio de negócios para passar a lupa.






Você pode gostar