fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Responsável por 1ª chance, Cuca dá moral a Kaio Jorge em recomeço no Santos

Quase dois anos depois, o treinador e o jogador se reencontraram no Santos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Em 30 de setembro de 2018, Kaio Jorge se tornou, até então, o sexto mais jovem jogador a estrear pelo Santos após ser acionado, com apenas 16 anos, 8 meses e 6 dias, durante triunfo por 1 a 0 sobre o Athletico Paranaense. Aquela chance foi dada pelo mesmo treinador que assumiu o comando do time na última semana: Cuca.

Quase dois anos depois, o treinador e o jogador se reencontraram no Santos. Mas se naquele momento, Kaio Jorge era apenas uma promessa das divisões de base, agora ele viu seu status se alterar abruptamente. Com Eduardo Sasha em litígio com o clube e Yuri Alberto negociado com o Internacional, o jovem, de 18 anos, se tornou titular do setor ofensivo.

No último domingo, como vinha fazendo o português Jesualdo Ferreira, Kaio Jorge foi o escolhido por Cuca para comandar o ataque do Santos na partida contra o Red Bull Bragantino, que terminou empatada por 1 a 1, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

E viveu momentos opostos. Em uma atuação de muita luta, sofreu pênalti, após roubar a bola de Fabrício Bruno, que o derrubou na grande área. Só que Carlos Sánchez desperdiçou a cobrança. E ainda perdeu uma chance clara, de cabeça. Assim, ampliou o seu jejum de gols para cinco jogos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a partida, porém, Kaio Jorge recebeu elogios de Cuca. O treinador, no entanto, rejeitou a comparações entre o centroavante e Gabriel Barbosa, que comandava o setor ofensivo do Santos em 2018, na sua passagem anterior pela Vila Belmiro.

“O Gabigol era um cara rodado, já havia atuado em equipes da Europa, já havia jogados diversos campeonatos e é o primeiro do Kaio, mas ele jogou bem. Não podemos deixar de enaltecer que ele jogou bem dentro do que foi pedido. Só não teve a fortuna de fazer o gol, temos que valorizar o menino”, afirmou o treinador.

Sem ainda ter disputado uma partida completa pelo Santos em 2020, Kaio Jorge foi substituído no segundo tempo do duelo com o Bragantino por Cuca, para a entrada do colombiano Uribe. Ele soma dez jogos disputados pelo clube nesta temporada, com um gol marcado. A 11ª partida deve ser na quinta-feira, quando o time vai visitar o Internacional, no Beira-Rio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade