fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Presidente do Vasco reafirma interesse em Dedé e ainda crê em renovação de Guarín

Disposto a deixar o Cruzeiro depois do rebaixamento do time à Série B do Campeonato Brasileiro, Dedé foi procurado para retornar ao Vasco

Avatar

Publicado

em

Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco
PUBLICIDADE

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, veio a público nesta quinta-feira para esclarecer algumas situações do clube para os torcedores. Em um vídeo publicado pela Vasco TV, o dirigente reafirmou o interesse pelo zagueiro Dedé, do Cruzeiro, e ressaltou que ainda acredita na renovação de contrato com o volante colombiano Fredy Guarín.

Disposto a deixar o Cruzeiro depois do rebaixamento do time à Série B do Campeonato Brasileiro, Dedé foi procurado para retornar ao Vasco, onde foi ídolo antes de jogar em Minas Gerais Campello quer contar com o zagueiro, mas somente dentro das condições atuais do clube.

“A gente sabe qual é o valor do salário do Dedé. Existe uma diferença grande entre o que ele recebia nesse contrato e o que a gente pode pagar. Uma vez que ele esteja livre, que rescinda o contrato com seu atual clube, existe o interesse do Vasco, claro, mas sempre dentro do nosso planejamento de folha salarial enxuta”, disse o presidente vascaíno.

Com relação a Guarín, Campello confirmou que o Vasco quer a permanência do colombiano, mas pediu um pouco mais de “flexibilidade” para chegar a um acordo de renovação de contrato

“É um atleta que caiu nas graças da torcida. A gente sabe que é um atleta qualificado que se identificou muito com o clube. O Vasco tem total interesse na sua manutenção, mas ainda temos uma divergência sobre aquilo que o clube propõe e o que o atleta entende como sendo o necessário para que ele renove o contrato. A gente ainda nutre a expectativa de fazer um novo contrato com o jogador, estamos mantendo conversas com o seu procurador. Quem sabe, com um pouco de flexibilidade de lá e de cá, a gente consiga chegar a um denominador comum”, explicou.

O Vasco passa por grave crise financeira nas últimas temporadas. O clube conviveu em diversos momentos com salários atrasados do elenco e funcionários e neste momento deve os salários de novembro, o 13.º e as férias dos jogadores. A promessa é de pagamento até a próxima segunda-feira. Diante disso, o único reforço até agora é o atacante argentino Germán Cano (ex-Independiente Medellín), de 32 anos.

Apesar de destacar em diversos momentos o compromisso em reduzir a folha salarial e tentar amenizar as finanças do clube, Campello deixou claro que não vai abrir mão de competitividade para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro.

“Tenho trabalhado para isso (redução do elenco e folha salarial) Vários jogadores nós dispensamos no fim do ano, trabalhamos para emprestar alguns jogadores que não seriam utilizados. Tenho compromisso de manter essa austeridade e essa firmeza, mas acho que devemos contratar de maneira pontual, talvez trazer mais um jogador de meio, mais um zagueiro… de maneira muito pontual, sem extrapolar, mas sempre preservando aquilo que é mais claro: a manutenção do Vasco na Série A. Isso eu não abro mão”, destacou.

 

Estadão Conteúdo


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade