fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Pela cabeça de Back; Parabéns, Canadá

Avatar

Publicado

em

Foto: REUTERS/Athit Perawongmetha
PUBLICIDADE

Por Olavo David Neto e Petronilo Oliveira
redacao@grupojbr.com

Tem que ser deposto…

Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Back pode mudar de nome: Thomas Baback. Um tremendo de um irresponsável que até o fechamento dessa coluna manteve o ínicio dos Jogos de Tóquio para 24 de julho. Isso é óbvio que não vai acontecer. Tem hora que é preciso deixar a ambição pelo cifrão de lado e ser humano. Chega de politicagem!

… “mas ele está recuando”

Tem gente que ainda fala: “calma porque ele está recuando”. Pode até estar, mas não é porque o coração e a mente brilhante dele conversaram entre si. E sim porque os atletas estão fazendo uma pressão enorme para o adiamento dos Jogos. Nós, do Entrelinhas, há vários meses já vínhamos levantando essa possibilidade e alguns diziam que era cedo.

Belo exemplo

O Comitê Olímpico do Canadá (COC) e o Comitê Paralímpico do Canadá (CPC) anunciaram na noite de domingo (22) que não vão enviar atletas às Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em 2020. É o primeiro país a retirar seus atletas oficialmente dos Jogos por conta da pandemia do coronavírus.
Em carta publicada no site do COC, as entidades que regem o esporte canadense pedem ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC) que adiem as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em um ano. “Com a COVID-19 e seus riscos associados, não é seguro para nossos atletas, e para a saúde e segurança de suas famílias e à comunidade canadense mais ampla, que atletas continuem treinando para estes Jogos. Aliás, vai contra as orientações de saúde pública que pedimos que todos os canadenses sigam”, diz a carta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Twitter

Pesquisa

Uma pesquisa feita pela The Athletics Association e divulgada pelo jornal americano New York Times apontou que 78% dos 4.000 atletas de atletismo entrevistados querem o adiamento das Olimpíadas de Tóquio 2020. A pandemia paralisou todas as competições do esporte olímpico e está prejudicando severamente treinamentos por conta da necessidade de isolamento social.

Como diziam… 

Dessa vez o recado vai para Thomas Back, mas poderia ser para o parasita do presidente do Brasil Jair Bolsonaro. “Aqui na terra tão jogando futebol, Tem muito samba, muito choro e rock’n’roll; Uns dias chove, noutros dias bate o sol. Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta; Muita mutreta pra levar a situação, Que a gente vai levando de teimoso e de pirraça, e a gente vai tomando que também sem a cachaça, ninguém segura esse rojão”.

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade