Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Justiça volta a determinar lockdown em Brasília e proíbe realização de partidas

A volta do lockdown ao DF ameaça a realização das três partidas programadas para os próximos seis dias no Estádio Nacional Mané Garrincha

Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Alex Sabino e João Gabriel
São Paulo, SP

A volta do lockdown ao Distrito Federal ameaça a realização das três partidas programadas para os próximos seis dias no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.

O desembargador federal Souza Parente, do Tribunal Regional Federal, determinou que o comércio e atividades não-essenciais sejam interrompidas na região. Isso impede a realização de atividades esportivas. O governo já recorreu da medida.

A justificativa para o decisão é o agravamento da pandemia da Covid-19. A ocupação de leitos de UTI na rede pública e privada está em 98% na região.

Estão programadas no Mané Garrincha a Supercopa entre Palmeiras e Flamengo, neste domingo (11), o confronto entre Santos e San Lorenzo pela Libertadores, na próxima terça (13), e o jogo de volta da Recopa Sul-Americana, a ser disputada enter Palmeiras e Defensa y Justicia-ARG, na quarta (14).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Conmebol afirma acompanhar os desdobramentos, mas não disse se há um plano B para a realização dos jogos da Libertadores e Recopa, torneios organizados por ela, caso a medida não seja revertida.

Os dirigentes do Palmeiras voltam da Argentina, onde o time venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1 nesta quarta (7) e o clube vai se manifestar quando eles estiverem no Brasil. A CBF não se pronunciou até o momento.

A decisão do desembargador retoma a liminar concedida pela juíza Katia Balbino de Carvalho no último dia 30. Esta determinava a continuidade do lockdown que vigorou em março no Distrito Federal. O governo conseguiu cassar a decisão e confirmou a realização das partidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governador Ibaneis Rocha (MDB) chegou a considerar a possibilidade de realizar a Supercopa nacional com a presença de público. Os ingressos seriam distribuídos a profissionais da saúde já vacinados. A ideia não prosperou. Um dos seus objetivos é credenciar o Mané Garrincha como sede da final da Copa Sul-Americana em 2021 ou 2022.

As delegações de Palmeiras e Flamengo estão programadas para desembarcar em Brasília nesta sexta (9).

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar