Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

“Flamenguista é tudo duro e favelado”, diz narrador da Band

Durante a passagem da Fórmula 1 pela Espanha, o narrador Sergio Maurício se envolveu em uma polêmica após ver uma bandeira do Botafogo

Foto: Divulgação

Durante a passagem da Fórmula 1 pelo Circuito da Catalunha, na Espanha, o narrador Sergio Maurício se envolveu em uma polêmica após ver uma bandeira do Botafogo nas arquibancadas. Um vídeo nos bastidores mostra o locutor provocando os torcedores flamenguistas.

“Para tudo que eu estou vendo uma bandeira do Botafogo. Para tudo, amigo. É miragem ou eu vi mesmo a bandeira do Botafogo. Aí meu coração arrebenta”, afirmou o locutor durante a transmissão ao vivo do GP da Espanha.

Na sequência, o narrador parece ter recebido algum recado no ponto eletrônico e respondeu: “Vai para o inferno. Vê se tem flamenguista lá, tudo duro e favelado”. A conversa foi transmitida pelo Youtube do BandSports, que exibe os bastidores da cobertura da equipe da Band.

Após a repercussão do caso, Sergio Maurício utilizaou a sua conta no Instagram para se desculpar pelo que chamou de “brincadeira imprópria”. “Fiz uma brincadeira com o coordenador Fred Sabino, e essa tomou um tamanho desproporcional, na medida em que estávamos transmitindo os bastidores no Youtube. Vi uma bandeira do Botafogo e quis registrar aquilo, como botafoguense que sou. No momento seguinte fiz uma brincadeira que em momento nenhum tive intenção de menosprezo, discriminação ou qualquer outra interpretação racista”, disse.

“Foi apenas uma brincadeira imprópria. Queria pedir aqui aos amigos e ao Clube de Regatas do Flamengo as minhas sinceras desculpas. Desculpas a essa torcida apaixonada, foi pura e simplesmente uma zoação que a gente costuma fazer ali. Tenho dezenas e dezenas de amigos flamenguistas. Acho um dos maiores clubes do mundo, e peço minhas sinceras desculpas. Grande abraço e entendam, por favor”, completou.

A fala do narrador causou revolta entre os flamenguistas.

Rodrigo Dunshee Abranches, vice-presidente geral e jurídico do clube, fez duras críticas ao locutor: “Inaceitável que um jornalista que vive do esporte trate a torcida do Flamengo de forma preconceituosa, deselegante e totalmente fora de padrão técnico e social”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar