Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

‘Este é o ritual que eu escolhi’, diz judoca alemã sobre tapas de treinador

De acordo com a judoca Martyna Trajdos, o vídeo registra um ritual “normal” e que ela escolheu antes das lutas

Foto: reprodução

Após um vídeo em que um treinador dá tapas na cara de uma judoca, antes de uma luta nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ganhar as redes sociais e se espalhar na internet, a lutadora teve que se posicionar sobre o ocorrido.

De acordo com a judoca Martyna Trajdos, o vídeo registra um ritual “normal” e que ela escolheu antes das lutas. ”Parece que não foi forte o suficiente… Eu gostaria de ter virado notícia por outro motivo hoje. Como eu já disse, este é o ritual que eu escolhi antes da competição. Meu treinador está apenas fazendo o que eu quero que ele faça para me aquecer para a luta”, explicou a alemã.

Confira o vídeo que viralizou nas redes sociais

 

Por meio do Instagram, a atleta pediu para os internautas não atacarem seu treinador, pois ele não tem culpa. ”Isso foi o que eu pedi para o meu técnico fazer! Por favor, não o culpem! Eu preciso disso antes das minhas lutas para acordar!”, disse a judoca.

Vários perfis questionaram a atitude do profissional que foi classificada como machista e excessiva. ”Existem várias formas de motivar, mas não acho que essa seja uma boa opção”, escreveu uma usuária.

”Alemã Martyna Trajdos recebe tapas do técnico antes de subir no tatame… Que horror!”, comentou outro internauta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar