Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Diretor do Corinthians pede para jornalistas não usarem verde no clube

O dirigente do Corinthians pediu que os jornalistas e outros profissionais presentes na entrevista coletiva de apresentação de Fabinho Soldado não vestissem a cor verde, relacionada ao rival Palmeiras

BEATRIZ CESARINI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Antes de apresentar oficialmente Fabinho Soldado como executivo de futebol do Corinthians, Rubão diretor de futebol- questionou os jornalistas presentes sobre a cor das roupas.

“Não tem ninguém de verde aqui hoje, não, né? Vocês poderiam não vir de verde aqui nas coletivas do Corinthians. Seria bem legal”, disse.

O dirigente do Corinthians pediu que os jornalistas e outros profissionais presentes na entrevista coletiva de apresentação de Fabinho Soldado não vestissem a cor verde, relacionada ao rival Palmeiras.

A reportagem esteve presente na apresentação de Soldado e não notou a cor verde em roupas ou acessórios dos profissionais da imprensa.

Na última terça-feira (6), durante a apresentação do reforço Rodrigo Garro, um jornalista compareceu vestindo uma calça verde. Em conversa após a entrevista coletiva com o atleta, Rubão demonstrou insatisfação com o traje do comunicador e fez um comentário.

HISTÓRICO

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rubão já foi vice-presidente do Corinthians em 2007 e causou polêmica na época ao pedir firmemente que os funcionários do clube a trabalharem de verde.

“Não posso proibir ninguém de ir trabalhar de verde, amarelo. Mas, se vier, vou fazer comentário de que não queria que viesse de verde. Pelo menos as pessoas que trabalham no departamento de futebol eu gostaria de que não viessem de verde”, declarou o atual diretor à Folha de S.Paulo na época.






Você pode gostar