fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Clima pesado foi motivo da mudança de comando

Pela manhã da última segunda-feira (17), a presidente do Brasiliense, Luiza Estevão, confirmou a saída de Mauro Fernandes, mas não a chegada de Márcio Fernandes, confirmada pela tarde

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Conforme antecipou o Jornal de Brasília, Márcio Fernandes é o novo técnico do Brasiliense. Ele chega para substituir Mauro Fernandes, que assumiu o clube em setembro de 2019, visando montar o elenco para a atual temporada. Pela manhã, a presidente do clube de Taguatinga, Luiza Estevão, confirmou a saída de Mauro, mas não a chegada de Márcio. “Hoje à tarde saberás (o novo técnico). Sou chata mesmo com isso, desculpa”, disse a dirigente. Dito e feito. Ontem, à tarde, Márcio Fernandes foi anunciado.

Mauro ficou no clube, nesta passagem, com 11 partidas, com 7 vitórias, 2 empates e 2 derrotas , contando jogos amistosos e oficiais. Além dele, saíram o auxiliar técnico Luiz Henrique e o preparador de goleiros Tulipa.

Ao explicar a saída de Mauro Fernandes, Luiza disse: “Mauro teve problemas com gerentes e com comissão. Porém, existe uma história falsa rolando sobre influência de elenco, o que não teve. Inclusive, Mauro chegou ano passado antes de começar a temporada e teve total autonomia para tirar e colocar no time quem ele quisesse, muitos jogadores que ele mesmo trouxe (e dispensou outros) não foram aproveitados, por escolha dele.”

A presidente do Brasiliense ainda falou que existe a possibilidade de contratar mais jogadores, mas essa situação ainda passará pelo crivo de Márcio Fernandes.

A frase de Luiza Estevão vai ao encontro do que disse Mauro Fernandes, por telefone, à reportagem. “Estava um clima ruim por algumas interferências externas, querendo contratar jogador e eu disse que não precisava. Na minha visão, o elenco era bom para o Estadual”. O clube ocupa a quarta colocação, com 10 pontos.

Já pensava no futuro

O técnico Mauro Fernandes disse que já vinha pensando em reforços para o time na disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, mas apenas jogadores de qualidade, assim que acabassem os estaduais. “Eu já tinha feito todo o planejamento, mas é isso. Vamos em frente. Desejo muita sorte a todos os companheiros do Brasiliense, pois tenho carinho pelo clube”.

Na próxima rodada, já com Márcio Fernandes no banco de reservas, o Jacaré enfrenta o Luziânia amanhã, às 19h30, no Estádio Serra do Lago, no Entorno.


Leia também
Publicidade