Siga o Jornal de Brasília

Ponto do Servidor

Protesto e contestação

Publicado

em

Servidores do Instituto de Saúde Mental (ISM) do Riacho Fundo 1 foram para frente da unidade na manhã desta quinta-feira (01/02) para protestar contra as mudanças propostas pelo Governo do Distrito Federal (GDF) para a instituição. Segundo eles, o GDF tem a intenção de descentralizar o atendimento. Passar toda a parte burocrática para a unidade do Guará.

Pra lá e pra cá

A descentralização é prejudicial.” afirmou o vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem, Jorge Vianna. “Se a população precisar resolver algum problema, não vai resolver no Instituto porque ele vai ser subordinado à Superintendência da Região Centro-Sul (Guará, Núcleo Bandeirante e Riachos Fundo I e II) que fica no Guará”, explicou. A mudança, para os servidores, vai prejudicar o próprio atendimento, uma vez que eles também deverão se deslocar ao Guará para resolver qualquer problema, como por exemplo a falta de material.

Pedido de calma

A Diretoria de Saúde Mental da Secretaria de Saúde (DISAM) informou que a reprogramação do ISM, bem como das demais estruturas que lidam com o tema, como o Centro de Orientação Médico Psicopedagógica (COMPP) e o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), está prevista no Plano Diretor de Saúde Mental, aprovado pelo Colegiado de Gestão da SES e publicado no DODF em dezembro de 2017. O Plano Diretor de Saúde Mental, documento oficial da DISAM que fundamenta todas as ações para qualificação da Rede de Atenção Psicossocial do DF não aponta, em nenhum momento, o fechamento do ISM. De qualquer forma está agendado para hoje às 09h uma reunião com representantes da Secretaria de Saúde no instituto.

Pesou

O clima na sede do Banco do Brasil (BB) ficou tenso.! A instituição anunciou aos servidores nesta quinta-feira (01/02) um novo corte no quadro. De acordo com a mensagem interna enviada aos funcionários, o BB fará mudanças na direção-geral, que passará a ter o menor número de servidores dos últimos anos, representando 8,3% da capacidade operacional. As mudanças envolvem funções de gerentes-gerais de unidades estratégicas, gerentes-executivos, de divisão e de equipe, além de assessores. A medida é uma adequação aos cortes orçamentários, segundo a mensagem interna. No mês passado os ajustes foram nas agências.

PAQ

Para efetivar a medida, o BB reabrirá o Programa de Adequação de Quadros (PAQ). Os interessados poderão aderir ao PAQ a partir de segunda-feira (5/2) até 23 de fevereiro. Os desligamentos já vão ser a partir de março. “Além dos funcionários das unidades estratégicas que ocupam funções em excesso, servidores da rede, na mesma condição, também terão nova chance para aderir ao programa”, diz o comunicado.

Concurso Correios

Foi publicado nesta quinta-feira (01/02) o resultado final do concurso público dos Correios para preenchimento de vagas na área de Segurança e Medicina do Trabalho. Os salários chegam a R$ 4.903,05. A publicação foi feita no Diário Oficial da União. A previsão é que os candidatos aprovados sejam convocados no próximo mês, mas de acordo com a classificação obtida, a localidade selecionada e as necessidades da empresa. Está tudo explicado também no site dos Correios.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade