Siga o Jornal de Brasília

Ponto do Servidor

Dinheiro na conta antes do previsto

Publicado

em

O governador do Distri to Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou a antecipação do salário dos servidores da administração direta. O vencimento será depositado em 1º de fevereiro, assim o crédito referente a janeiro deve ficar disponível a partir de 2 de fevereiro. O pagamento é feito normalmente no quinto dia útil do mês. O anúncio foi feito pelas redes sociais. Mas vale lembrar que a remuneração se aplica à administração direta, sem contar a Saúde, a Segurança e a Educação, que recebem pelo Fundo Constitucional do DF, recurso repassado pela união. A medida vai beneficiar 110 mil servidores.

Promessa

A antecipação do pagamento do salário dos servidores foi uma promessa que Rollemberg fez durante a aprovação da Reforma da Previdência na Câmara Legislativa. Os deputados distritais impuseram essa condição para que fosse aprovado a fusão dos dois fundos. A manobra, em setembro do ano passado, gerou R$ 1,2 bilhões aos cofres públicos do DF.

Chegou a hora de tomar posse

Tomaram posse ontem, no auditório da Imprensa Nacional, 405 novos servidores do Distrito Federal. Todos foram nomeados no final do ano passado. São 293 médicos, 50 técnicos administrativos, 12 enfermeiros, cinco assistentes sociais, quatro terapeutas ocupacionais, entre outros, aprovados em concurso público de 2014 da Secretaria de Saúde.

Reforço… é o que esperamos!

Com a nomeação, o governador Rodrigo Rollemberg, garantiu mais médicos para a atenção primária e para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu). Rollemberg adiantou ainda que, em fevereiro, serão nomeados mais profissionais, principalmente técnicos de enfermagem, que vão possibilitar a abertura de mais leitos nos hospitais. Aguardemos.

Luz no fim do túnel

E quem espera, há tempos, para assumir uma vaga na Educação do DF pode ficar esperançoso. Rollemberg anunciou, também nas redes sociais, que até o fim da primeira semana de fevereiro, o governo vai nomear mais de mil servidores. Serão 648 professores, além de analistas, técnicos, monitores e orientadores educacionais. O problema é que ainda vai falta servidor. De acordo com o Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) o déficit atual é de dois mil profissionais.

Deu ruim!

Em Assembleia Geral Extraordinária na quarta-feira desta semana (24), os delegados de polícia do Distrito Federal aprovaram, por unanimidade, a realização de pedido de exoneração do Diretor-Geral da Polícia Civil do DF (PCDF), Eric Seba de Castro. Também foi unânime a declaração de que Seba não representa os delegados. Para a diretoria do sindicato da categoria “sua subserviência ao Governo é atentatória ao cargo e à instituição”.

Vazamento de áudio

Eric Seba não se indispôs só com os policiais civis. Desta vez ele atacou os policiais militares. Na tarde desta quinta-feira (25) começou a circular um áudio nas redes sociais em que o diretor-geral da PCDF compara militares a “vigiadores de cones”, depois de saber que alguns PMs teriam dito que os policiais civis eram como “balconistas”. O áudio trata-se de um suposto diálogo, entre Eric Seba e a Diretora do Departamento de Polícia Especializada, Delegada Mabel de Farias.

Renúncia

Por meio de nota, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal manifestou profunda apreensão quanto ao conteúdo do áudio. “Seja como for, ao comprovar-se a autoria das declarações ao Diretor Geral da PCDF, o mesmo torna-se imediatamente incompatível ao exercício das funções. E caso lhe reste alguma honra, ou bom senso, espera-se sua renúncia imediata”, diz a nota.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade