fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Teich recusa convite para voltar ao Ministério da Saúde

Médico oncologista agradeceu a solicitação, explicou um pouco de sua curta passagem e disse que não seria coerente retornar à pasta uma semana depois de deixá-la

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
PUBLICIDADE

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich recusou um convite para voltar à pasta. Neste sábado (23), Teich explicou o caso em suas redes sociais.

Teich, que deixou o cargo na última sexta-feira (15), foi convidado pelo ministro interino, Eduardo Pazuello, para ser conselheiro do Ministério da Saúde. O médico agradeceu, mas recusou.

“Não seria coerente ter deixado o cargo de Ministro da Saúde na semana passada e aceitar a posição de Conselheiro na semana seguinte”, alegou Teich.

Teich deixou o Ministério antes mesmo de completar um mês. O oncologista substituiu Luiz Henrique Mandetta, exonerado após desavenças com o presidente Jair Bolsonaro. “Quando assumi o MS, o objetivo era trazer um modelo de gestão mais técnica, que aumentasse a eficiência do Sistema e melhorasse o nível de saúde da sociedade”, afirmou Teich, também neste sábado (23).


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade