Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Grilagem no Brasil acontece por meio de fraudes e corrupção, diz pesquisa

A entidade analisou 11 investigações do Ministério Público Federal em 8 estados e identificou 21 fatores que viabilizam a prática

Por FolhaPress 02/12/2021 3h48

CAMILA MATTOSO
BRASÍLIA, DF

Pesquisa da filial brasileira da Transparência Internacional aponta para as fraudes e corrupção como meios utilizados para a grilagem de terra no Brasil. A entidade analisou 11 investigações do Ministério Público Federal em 8 estados e identificou 21 fatores que viabilizam a prática.

Entre eles estão o suborno de funcionários de órgãos fundiários e ambientais, conluio com advogados, registradores e corretores de imóveis, constituição de milícias privadas para ameaçar e expulsar posseiros e fraudes em registros de processos de regularização.

A pesquisa sugere propostas para enfrentar o problema e cita a necessidade de mais transparência e boa governança no setor fundiário e reforçar os controles e as ações de fiscalização contra a grilagem. “O combate à grilagem é fundamental para conter o desmatamento, a violência rural e evitar prejuízos à economia. A pesquisa demonstra que significa também promover a integridade das instituições e evitar a ocorrência de fraudes, corrupção e lavagem de dinheiro”, diz Renato Morgado, gerente de meio ambiente e clima da Transparência Internacional no Brasil.








Você pode gostar