Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Damares comemora transferência de Roberto Jefferson de presídio para hospital

“Preferimos uma atuação do MMFDH técnica e madura sem nenhuma conotação política. Nossa missão é garantia de direitos”, disse

Por FolhaPress 18/01/2022 6h29
Foto: Marcos Corrêa/ PR

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, comemorou, nesta terça-feira (18), a autorização para o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) realizar exames em um hospital do Rio. Em uma publicação no Twitter, a ministra falou em “alívio” e disse que a decisão foi “sensata e acertada”.

“Que Roberto Jefferson fique bem. Que ele restabeleça a saúde”, escreveu.

A ministra Damares disse se preocupar com a idade do político, que tem 68 anos. De acordo com ela, o caso do ex-deputado federal é acompanhado pela Secretaria Nacional do Idoso e da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, que “inclusive o visitou no presídio”.

“Preferimos uma atuação do MMFDH técnica e madura sem nenhuma conotação política. Nossa missão é garantia de direitos”, disse.

No mesmo dia, o ministro Alexandre de Moraes do STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou o político a deixar a prisão para ser transferido a um hospital, onde irá tratar problemas de saúde. O político está preso desde agosto e recentemente apresentou sintomas respiratórios e febre, e apresentou “sintomas de início de trombose”.

A defesa de Jefferson pediu transferência dele há uma semana, no último dia 11 de janeiro. Na ocasião, o ministro pediu a manifestação de um diretor do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, onde Jefferson se encontra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar