Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Ciro reage a investida de Lula e reafirma candidatura ‘até o fim’

O pedetista argumentou que, sem sua candidatura, a polarização aumentaria no momento em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estagnou

"Ciro Gomes vai deixar disputa presidencial muito acirrada e terá muitos votos", diz numerológo Rudá Araujo

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, divulgou nesta quarta-feira, 11, um vídeo nas redes sociais para reafirmar que manterá sua candidatura “até o fim”. “E vencerei no 2º turno”, diz.

O pedetista argumentou que, sem sua candidatura, a polarização aumentaria no momento em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estagnou e Jair Bolsonaro (PL) se sustenta nas pesquisas de intenção de votos para a Presidência.

“Se não fosse assim, por que um presidente que não governa, que não consegue controlar a inflação, o desemprego, a corrupção, a fome e a miséria se mantém competitivo? Unicamente porque a sombra de Lula e do petismo obscurecem o cenário”.

A manifestação ocorre um dia depois de o Estadão revelar que Lula entrou pessoalmente nas articulações com o objetivo de atrair o PDT para a aliança em torno de sua candidatura, aumentando a pressão para que Ciro desista da disputa.

A cúpula do PT tem oferecido apoio a mais candidatos do PDT nos Estados, dispondo-se até mesmo a desfazer acertos firmados anteriormente. Na lista das ofertas estão o Rio de Janeiro – onde a Executiva petista já aprovou a aliança com o deputado Marcelo Freixo (PSB) ao governo -, o Ceará e o Maranhão.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar