Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Bolsonaro nomeia novo militar para a diretoria-geral de Itaipu

Os decretos de nomeação de Risden e da exoneração a pedido de Ferreira foram publicados em edição extra do Diário Oficial da União

Por FolhaPress 27/01/2022 8h16

Catia Seabra
Rio de Janeiro, RJ

O presidente Jair Bolsonaro (PL) nomeou, nesta quinta-feira (27), o vice-almirante Anatalício Risden Jr para a diretoria-geral de Itaipu Binacional, com mandato ate 16 de maio de 2022, “na vaga decorrente da renuncia de Joao Francisco Ferreira, ficando exonerado do cargo que atualmente ocupa”.

Os decretos de nomeação de Risden e da exoneração a pedido de Ferreira foram publicados em edição extra do Diário Oficial da União.

Atualmente na diretoria financeira da binacional, cargo que deverá ocupar interinamente por duas semanas, Risden conta com o apoio do ministro das Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque.

Risden vai substituir o general da reserva João Francisco Ferreira, que pediu demissão na terça-feira (25), após receber um telefonema do ministro. Na conversa, Bento Albuquerque teria cobrado maior empenho nas negociações com os parceiros paraguaios.

Desconfortável, o general convocou uma reunião da diretoria para anunciar sua exoneração. Aos colaboradores, alegou motivação pessoal para a saída. Ele estaria enfrentando dificuldades nas negociações com os parceiros paraguaios, inclusive para fixação da tarifa de energia e definição do orçamento de 2022.

Segundo colaboradores, Ferreira ameaçou deixar o cargo na própria terça-feira, mas foi aconselhado a esperar a nomeação do sucessor pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), o que aconteceu nesta quinta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Procurado para comentar as circunstâncias da saída de Ferreira, o Ministério de Minas e Energia não se manifestou.

A direção de Itaipu divulgou, em nota, seu pedido de exoneração. “O general Ferreira agradece o apoio e o comprometimento dos parceiros da usina, em especial à Família Itaipu, como se refere ao grupo de empregados”, diz a nota.

A reportagem apurou que Bento Albuquerque já tinha sugerido o nome de Risden para o lugar do ex-diretor-geral, o general Joaquim Silva e Luna, que, em abril de 2021, deixou o cargo para assumir a presidência da Petrobras. Foi Luna quem indicou Ferreira para seu lugar.

Bacharel em ciências navais, Risden, 65, foi assessor parlamentar do comando da Marinha e ajudante de ordens da Presidência da República. Ele deverá ser substituído por um nome de perfil técnico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar