Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Bolsonaro diz que espera conseguir mexer na Petrobras após troca de ministério

Bolsonaro falou sobre o tema durante um encontro com lojistas no Campos do Jordão Convention Center, em Campos do Jordão

Por FolhaPress 14/05/2022 7h09

Paulo Eduardo Dias
Campos do Jordão, SP

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse na noite desta sexta-feira (13), que espera conseguir mexer na Petrobras após a substituição do ministro de Minas e Energia, feita por ele nesta semana.

“Eu espero, nos próximos dias, com as mudanças que fiz no Ministério das Minas e Energia, que nós consigamos mexer com a Petrobras, fazer com que ela cumpra o dispositivo constitucional, que fala do fim social da empresa”.

Bolsonaro falou sobre o tema durante um encontro com lojistas no Campos do Jordão Convention Center, em Campos do Jordão, no interior de São Paulo.

A alta dos combustíveis é um dos fatores que mais pressiona a inflação, na casa dos dois dígitos no acumulado em 12 meses. O problema preocupa Bolsonaro, que tenta a reeleição neste ano. Pesquisa Datafolha mostrou que a maioria dos brasileiros culpa o presidente pela disparada de preços.

O presidente também voltou a criticar o lucro da Petrobras. Na semana passada, ele já havia chamado o resultado da empresa de “estupro” em sua live semanal.

“Não podemos ter uma empresa, que tem o lucro acima de 30%, enquanto as maiores petrolíferas do mundo o lucro é, no máximo, de 15%. E essas outras petrolíferas abriram mão de lucro para ajudar os seus países. A Petrobras não pode continuar a ser indiferente a tudo isso”, disse ele nesta sexta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente também afirmou ter feito um apelo para a Petrobras para não reajustar o preço dos combustíveis, que não teria sido levado em conta.

“Há duas quintas-feiras fiz um apelo dramático para alguns, ficou até parecendo algo não compatível a um presidente, mas a minha maneira de ser, falar com o coração aberto, e falar sempre a verdade, não teve sucesso na Petrobras.”

“Apelei, não aumente o preço dos combustíveis, falei até um palavrão em uma live, coisa que não é muito comum da minha parte, mas fui obrigado a fazer isso. Não tivemos sucesso. Fizemos mudança, espero que essas mudanças tenham seu êxito para o bem de todos nós”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar