Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Rússia tenta tomar cidade ucraniana de Lyman, segundo líder separatista

O líder separatista afirmou que metade da cidade, localizada a cerca de 60 quilômetros de Severodonetsk, está sob controle russo

As forças russas, com apoio de milícias separatistas, travam uma batalha para tomar o controle total de Lyman, uma cidade estratégica do leste da Ucrânia, afirmou nesta terça-feira (24) o líder da região separatista de Donetsk, Denis Pushilin.

“A fase ativa da libertação de Krasny Lyman (nome antigo de Lyman) está em andamento. As unidades russas e das milícias populares entraram na cidade”, afirmou Pushilin em uma emissão favorável ao Kremlin divulgada no Youtube.

O líder separatista afirmou que metade da cidade, localizada a cerca de 60 quilômetros de Severodonetsk, está sob controle russo.

Até o momento, o exército russo não emitiu nenhuma informação e a AFP não pôde verificar essa informação de forma independente.

Lyman é uma importante conexão ferroviária ao nordeste de Slavyansk, tomada brevemente pelos separatistas pró-russos em 2014, e de Kramatorsk, a capital da região de Donetsk, que está sob controle da Ucrânia.

A conquista de Lyman permitiria às tropas russas despejar o último obstáculo para avançar para Slavyansk e Kramatorsk, em uma manobra para cercar Severodonetsk e Lysychansk, mais ao leste.

Um pouco mais ao sul na região de Donetsk, as autoridades ucranianas anunciaram que perderam o controle da cidade de Svitlodarsk.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

© Agence France-Presse








Você pode gostar