Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Príncipe William retoma vida pública após anúncio do câncer de seu pai

William, de 41 anos, havia se afastado para acompanhar a operação abdominal de sua esposa, Catherine de Gales, realizada há três semanas

Foto: AFP

O príncipe William, herdeiro da coroa britânica, retomou suas atividades nesta quarta-feira (7), enquanto seu pai, o rei Charles III, está afastado da vida pública, após anunciar um diagnóstico de câncer esta semana.

William, de 41 anos, havia se afastado para acompanhar a operação abdominal de sua esposa, Catherine de Gales, realizada há três semanas.

Na manhã desta quarta-feira, o filho mais velho do rei participou de uma cerimônia no Castelo de Windsor, onde estregou condecorações a cidadãos em reconhecimento por suas ações comunitárias.

Em seu retorno à vida pública, William terá um longo dia, no qual também vai participar de um evento beneficente em Londres, em prol da London Air Ambulance.

Kate, de 42 anos, foi hospitalizada no dia 16 de janeiro para se submeter a uma misteriosa cirurgia abdominal pela qual ficou duas semanas internada e os médicos recomendaram que se afaste de todas as atividades pelo menos até o final de março.

Seu pai, Charles III, de 75 anos, passou por uma cirurgia para tratar um hipertrofia “benigna” de próstata em 26 de janeiro, e agora enfrenta um câncer sobre o qual não há detalhes conhecidos, descoberto durante sua internação.

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, disse à BBC na terça-feira que foi “detectado a tempo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sunak fez uma breve referência ao câncer do rei no Parlamento nesta quarta-feira.

“Sei que os pensamentos deste Parlamento e de todo o país estão com o rei e a sua família”, disse ele na Câmara dos Comuns.

Um porta-voz do primeiro-ministro anunciou que a audiência semanal de Sunak com o rei, que se mudou na terça-feira para sua residência em Sandringham, no leste da Inglaterra, será por telefone.

O retorno de William às funções reais coincide com a chegada ao Reino Unido do seu irmão mais novo, o príncipe Harry, que viajou dos Estados Unidos, onde vive com a esposa Meghan Markle e os dois filhos, para visitar o pai.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Harry, de 39 anos, que mudou-se para a Califórnia com Meghan em 2020, denunciando, entre outras coisas, a pressão insuportável da imprensa sensacionalista britânica. Desde então mantém relações tensas com o irmão e o pai.

Porém, assim que pousou em Londres na terça-feira foi visitar o rei, de 75 anos.

Visita-relâmpago de Harry

Pai e filho se encontraram por 30 minutos na residência londrina de Clarence House, e agora o público britânico se pergunta se os dois irmãos se encontrarão, apesar de seu relacionamento distante.

“Fontes próximas ao príncipe William deixaram claro que ele não se encontraria com o irmão. Acredita-se que eles não se falam há mais de um ano e William não está disposto a abrir uma porta para o irmão”, indicou o jornal The Times.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a imprensa, afinal não houve encontro. Após uma visita-relâmpago de um dia, Harry foi visto nesta quarta-feira à tarde no aeroporto de Heathrow, em Londres.

O duque de Sussex apareceu sorridente e relaxado pouco antes de deixar Londres.

Segundo a mais recente pesquisa da sociedade Yougov, William é o membro da família real mais popular na opinião pública britânica, superado apenas pela falecida rainha Elizabeth II, enquanto o rei Charles III aparece em sexto lugar e Harry, em 12º.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agora, o primogênito do rei deve suportar a pressão de ser o centro das atenções pelas próximas semanas ou meses, enquanto durar o tratamento de seu pai.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

© Agence France-Presse






Você pode gostar