Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Moscou acelera russificação de área ocupada na Ucrânia​

As duas áreas estabelecem a ponte terrestre entre o Donbass (leste russófono), sob forte ataque russo, e a Crimeia

Por FolhaPress 25/05/2022 1h42

Igor Gielow
São Paulo, SP

O presidente Vladimir Putin assinou nesta quarta-feira (25) decreto para simplificar o processo de adesão à nacionalidade russa aos moradores das regiões ucranianas de Kherson e Zaporíjia, ocupadas pela Rússia na guerra contra o vizinho.

As duas áreas estabelecem a ponte terrestre entre o Donbass (leste russófono), sob forte ataque russo, e a Crimeia, anexada em 2014 sem um tiro por Moscou.

O esquema já foi aplicado em 2019 ao Donbass, onde havia antes da guerra cerca de 800 mil pessoas com passaportes russos nas áreas dominadas por separatistas pró-Kremlin há oito anos.

Em Kherson, há preparativos para a declaração de autonomia da região, que poderá ser incorporada à Rússia, mas também existem movimentos populares de resistência, em especial na capital homônima da província. A Ucrânia exige a devolução de todas as terras para negociar a paz.








Você pode gostar