Menu
Brasil

Primeira onda de frio do outono se concentra no Sul e no Sudeste e começa nesta quarta (17)

Essa frente fria não deve ser seguida de outra imediatamente, e por isso não haverá força para que a maior parte do Centro-Oeste

Redação Jornal de Brasília

17/04/2024 6h16

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

FOLHAPRESS
SÃO PAULO, SP

A primeira onda de frio do outono começa a partir desta quarta (17) no Brasil, mas a frente de instabilidade que abre caminho para o ar polar só deve ter força para passar pelo Sul e chegar até o Sudeste do país.

Em São Paulo, o tempo nesta quarta-feira ainda fica quente, com chance de pancadas de chuva e alagamentos, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura de São Paulo.

No Sul do país, onde a temperatura já cai nesta quarta, houve registro de chuvas fortes na terça (16), com problemas isolados, durante a passagem da frente fria.

No Rio Grande do Sul, Porto Alegre permaneceu em alerta durante o dia para volume intenso de precipitação, e a prefeitura suspendeu o serviço na unidade de Pronto-Atendimento Lomba do Pinheiro, que teve uma área —em obras de expansão— destelhada durante o temporal.

A frente fria já chegou ao Paraná, que ainda deve registrar chuvas e trovoadas durante a manhã desta quarta, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), antes da queda de temperatura.

Também de acordo com o Inmet, o Sul pode ter registros de geada em regiões de serra e planalto entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina nas madrugadas de quinta (18), sexta (19) e sábado (20).

A instabilidade chega ainda nesta quarta a São Paulo. A capital fica entre 19°C e 29°C, segundo o CGE, com maior chance de pancadas de chuva à tarde e à noite, e o frio começa na quinta. De acordo com o Inmet, mínima e máxima caem a 17°C e 20°C.

A sequência de mais calor, chuvas e frio acontece porque as frentes frias, que carregam umidade, são sistemas que transitam entre o ar quente e o ar polar frio.

Quando começam a se aproximar de uma determinada área, elas “empurram” o ar quente. Depois que passam, são substituídas pelo ar frio e seco.

Rio de Janeiro e Belo Horizonte têm chance de pancadas de chuva ao longo do dia. As máximas para os cariocas ficam entre 18°C e 34°C, e para os belorizontinos, entre 17°C e 30°C, com quedas previstas na quinta em ambas as capitais.

De acordo com o Inmet, essa frente fria não deve ser seguida de outra imediatamente, e por isso não haverá força para que a maior parte do Centro-Oeste, do país, assim como o Norte e o Nordeste, registrem quedas nos termômetros.

Assim, Campo Grande (MS) deve ver as temperaturas caírem com chuvas nesta quarta, e termômetros entre 20°C e 26°C. Também deve chover em Cuiabá (MT), que fica com mínima e máxima em 24°C e 32°C, em faixa de temperatura que deve se manter ao longo da semana.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado