Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Homem com mesmo nome de foragido é preso injustamente pela 2ª vez

“Não consigo um trabalho. Quando eu tento fazer cadastro de motorista de aplicativo, eu não posso. Meu auxílio emergencial foi bloqueado”, disse o motoboy

Foto: reprodução de TV

No último domingo (20), Alisson da Silva Monteiro foi preso injustamente pela segunda vez após ser confundido com um traficante foragido que tem o mesmo nome que o seu. O caso aconteceu no Rio de Janeiro.

Alisson foi preso pela primeira vez em abril de 2019. Ele chegou a ficar encarcerado por três dias por crimes que não cometeu. Na ocasião, um advogado conseguiu provar sua inocência e ele foi liberado.

“Não consigo um trabalho. Quando eu tento fazer cadastro de motorista de aplicativo, eu não posso. Meu auxílio emergencial foi bloqueado”, disse o motoboy.

O foragido que tem o mesmo nome de Alisson possui mandado de prisão em aberto por crimes como associação com o tráfico e tentativa de homicídio.

Na sua primeira prisão, a Justiça corrigiu as informações sobre o foragido, mas nem todos os sistemas estão atualizados. Alisson chegou a mostrar à polícia o alvará de soltura de sua primeira prisão e foi preso mesmo assim.

Eu quero poder ter meu trabalho digno, prestar meu concurso publico. (…) Eu tenho que provar uma coisa que eu não fiz. Eu estou revoltado. Quero andar normal. Estou sendo acusado de algo que eu não fiz”, desabafou Alisson.

Após conseguir a expedição de um contramandado de prisão, Alisson foi solto novamente

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar