Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Fotógrafo fica ‘cara a cara’ com sucuri gigante nadando no fundo de rio de água cristalina

O fotógrafo da natureza Daniel De Granville ficou “cara a cara” com uma sucuri gigante, no fundo do rio Formoso, em Bonito (MS)

Foto: Daniel De Granville/Arquivo Pessoal

O fotógrafo da natureza Daniel De Granville ficou “cara a cara” com uma sucuri gigante, no fundo do rio Formoso, em Bonito (MS). O “encontro” foi filmado e mostra a cobra nadando no fundo do rio de água cristalina.

No registro é possível ver a cobra rastejando no fundo do rio e o sedimento de calcário (típico dos afluentes da região de Bonito) se levantando. Em um momento, a cobra coloca a língua para fora e fica parada “cara a cara” com Daniel.

“Era das grandes. Não foi possível estimar com mais precisão, mas pela nossa experiência era nessa faixa de 6 metros ou algo bem perto disso. Repare como a sucuri tira proveito do fundo do rio para se deslocar mais rápido (devido ao atrito). Chega levantar uma nuvem de sedimentos”, explicou o fotógrafo.

Daniel mencionou que o registro foi feito em um banhado do rio Formoso, que para os biólogos é conhecido como “berçário das sucuris gigantes”. Daniel compartilha outros registros das serpentes gigante direto nas redes sociais.

“O registro foi feito região do Banhado do Rio Formoso, que é uma área fechada para visitação, mas muito importante na manutenção da qualidade das águas deste rio. É tipo um berçário das grandes sucuris”, detalha Daniel.

Daniel comenta que a sucuri que filmou é uma fêmea, já que o hábito de nadar no fundo do rio é típico das serpentes fêmeas, que são bem maiores que os machos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar