Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Casal é encontrado mutilado dentro de sacos de lixo no México

As vítimas Nohemí Medina Martínez e Yulizsa Ramírez, moravam no Texas, EUA, e estavam no México a passeio. Casadas, elas deixam três filhos

No último domingo, 16, em uma estrada próxima a Ciudad Juárez, no México, duas mulheres foram encontradas mortas dentro de sacos de lixo. Conforme informaram as autoridades locais, além de mutilados, os corpos apresentavam sinais de tortura e tiros. As vítimas Nohemí Medina Martínez e Yulizsa Ramírez, moravam no Texas, EUA, e estavam no México a passeio. Casadas, elas deixam três filhos.

As mulheres, ambas com 28 anos, foram vistas a última vez no sábado, 15. Suas famílias notificaram desaparecimento após não conseguirem estabelecer contato com elas.

Apesar do caso já estar sendo investigado, ainda não há informações sobre suspeitos.

O Comitê de Diversidade Sexual do estado de Chihuahua considera o caso como “crime de ódio” e cobra por um esclarecimento do episódio. A Rede de Mães de Lésbicas no México também se pronunciou exigindo respostas das autoridades.

“Como governadora, mas também como mulher, digo e prometo, estamos trabalhando nisso aqui em Ciudad Juárez, não vamos deixar a questão impune e não vamos parar de trabalhar na prevenção mais do que tudo” afirmou a governadora María Eugenia Campos.

A polícia de Ciudade Juárez apura outro caso bastante similar. Na segunda-feira, 17, outras duas mulheres, na faixa dos 30 anos, também foram encontradas mortas em sacos de lixo. Elas ainda não foram identificadas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar