Entretenimento

Réveillon de Brasília terá Ilê Aiyê, Naiara Azevedo e Emicida

Por Arquivo Geral 17/12/2018 1h33
Divulgação

O Réveillon Brasília 2019 preservará a característica das últimas edições, a de evento popular marcado pela diversidade cultural. Entre as atrações previstas estão o Ilê Aiyê, o mais antigo bloco afro do Carnaval de Salvador, a cantora Naiara Azevedo e o rapper paulista Emicida.

A festa começa às 18h de 31 de dezembro, com shows de artistas locais, no palco armado no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Nesse espaço também se apresentarão a sertaneja Naiara Azevedo e o rapper Emicida.

Na Praça dos Orixás, a Prainha, outro tradicional ponto de celebração de virada, a programação terá início às 20 horas e desfecho a partir de 0h30, com a apresentação do Ilê Aiyê, primeiro bloco afrocarnavalesco do País, em atividade há quatro décadas.

Atrações dos gêneros sertanejo, hip-hop, pop rock e cultura popular percussiva serão selecionadas para o Réveillon.

Leia Mais: Réveillon 2019: seleção de artistas está aberta até 11 de dezembro no DF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em ambos os palcos, o Réveillon de Brasília contará com apresentações de quatro artistas e dois DJs locais, que serão selecionados por meio de chamamento público.

Conforme o edital, serão escolhidas atrações dos gêneros sertanejo, hip-hop, pop rock e cultura popular percussiva. Músicos interessados em participar da seleção têm até terça-feira (11) para se inscrever.

Os DJs vão receber R$ 3 mil, e os demais selecionados, R$ 20 mil cada um. A estimativa de investimento para toda a festa se mantém a mesma do ano passado, de R$ 2 milhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desse montante, R$ 500 mil serão destinados à contratação de artistas, e R$ 1,5 milhão, para montagem da estrutura do evento – o valor pode sofrer alteração após o pregão licitatório.

Prainha dos Orixás, Patrimônio Cultural Imaterial do DF
O Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural do DF (Condepac) homologou nesta semana, por unanimidade, o registro da Praça dos Orixás e da Festa de Iemanjá como Patrimônio Cultural Imaterial do Distrito Federal. Dessa forma, o conselho reconhece o mérito e a importância histórica da praça e da celebração.

A Praça dos Orixás é um espaço de referência no DF para culturas afro-brasileiras e tradições religiosas de matriz africana. Com isso, a Secretaria de Cultura e o governo de Brasília reconhecem a importância de expressões culturais que falam diretamente da história do País.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Réveillon Brasília 2019
31 de dezembro
Às 18 horas, apresentação de artistas e DJ locais, Emicida e Naiara Azevedo
No estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental)
Às 20 horas, apresentação de artistas e DJ locais mais Ilê Aiyê
Na Praça dos Orixás — Prainha (Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2)
Acesso livre

Fonte: Agência Brasília






Você pode gostar