Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Celebridades

Racionais MC’s tem título de Doutor Honoris aprovado

Título é concedido a pessoas que tenham contribuído notavelmente para o progresso das ciências, das letras ou das artes e/ou que tenham beneficiado, de forma excepcional, a humanidade ou tenham prestado serviços relevantes à Universidade

Foto: Divulgação

Nesta terça (28), o grupo Racionais MC’s teve a outorga do título de Doutor Honoris Causa aprovada pelo Conselho Universitário (Consu) da Unicamp. Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay, que formam o grupo dos Racionais, receberam a honraria por serem considerados intelectuais públicos que dialogam com o pensamento social brasileiro. Além disso, o grupo foi reconhecido por seus posicionamentos e atuações políticas com combate ao racismo e às violências sociais que existem no Brasil, com destaqeu às críticas sociais em suas produções.

Durante sessão do Consu, o presidente da comissão de especialistas formada para avaliar a pertinência da concessão do título ao grupo, Mário Medeiros, professor do Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCH), destacou os principais pontos do parecer da comissão, que frisa a atuação do grupo e ressalta a pertinência do título ao levar em conta o histórico recente da Universidade na busca pela ampliação da inclusão

“O pedido tem vínculo com uma série de mudanças sociais importantes das quais a Unicamp faz parte desde meados dos anos 2010, e em particular 2017, quando neste Conselho Universitário foi aprovado um parecer favorável às ações afirmativas para estudantes pretos, pardos, indígenas e oriundos de escola pública”, disse.

Ele também lembrou que, no dia 1º de novembro, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) concedeu o mesmo título a Mano Brown. Citando um trecho do parecer, o docente destacou o fato de o título concedido pela Unicamp se diferenciar por estar sendo concedido a todo o grupo Racionais.

“Esses são intelectuais públicos que somente existem em seu conjunto e, a partir dele, os quatro enunciam poéticas, projetos estéticos e projetos políticos desde 1988 a respeito do Brasil. Dialogam e lutam com o pensamento social brasileiro, confrontam o racismo e as violências sociais que nos constituem enquanto sociedade, incitando a atitudes antirracistas e solidárias de negros e não negros, periféricos e não periféricos, visando a mudanças sociais profundas. Destarte, o título só fará sentido se concedido ao conjunto.”

O título de Doutor Honoris Causa, a distinção máxima prevista no estatuto da Unicamp, é concedido a pessoas que tenham contribuído notavelmente para o progresso das ciências, das letras ou das artes e/ou que tenham beneficiado, de forma excepcional, a humanidade ou tenham prestado serviços relevantes à Universidade. Conforme assinalou o reitor da Unicamp, Antonio José Meirelles, na sessão do Consu, a concessão dele aos Racionais alinha-se aos objetivos do título, contemplando “saberes externos à Universidade que dialogam com um período do país e da Universidade”.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar