fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

GDF sanciona Clube de Desconto e DF Superior

Programas beneficiam servidores com descontos em universidades e preços especiais em empresas parceiras, entre outras medidas

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Governo do Distrito Federal (GDF) sancionou nesta quarta-feira (11) os programas Clube de Desconto do Servidor e DF Superior. As ações beneficiam diretamente os servidores públicos da capital e seus dependentes.

O Clube de Desconto prevê parcerias com empresas privadas de diversos ramos comerciais para oferecer, no mínimo, 10% de descontos nos preços, ou, ainda, condições especiais de pagamentos. Já o DF Superior vai dar aos servidores descontos em mensalidades de instituições de graduação, pós-graduação e ensino técnico. O desconto mínimo deve girar entre 10% e 15%.

Servidores ativos e inativos e dependentes poderão usufruir dos benefícios.

O vice-governador Paco Britto afirmou que, ao criar os programas, o GDF está aderindo a uma prática que já é realidade em outros países. “Todas as empresas do país e do mundo já têm seus clubes de descontos. Por que não implantarmos aqui [no DF] para mais de 160 mil funcionários públicos?”, indagou. “Nós temos que valorizar e empoderar o servidor público do Distrito Federal.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A secretária executiva de Qualidade de Vida da Secretaria de Economia, Adriana Faria, deu um exemplo de como o benefício deve ser utilizado: “O servidor acorda de manhã, compra seu café da manhã na padaria com desconto; sai de casa, passa no posto de gasolina e abastece com desconto; leva seu filho na escola que ele está pagando com desconto. […] Depois, ele sai do trabalho e vai para a faculdade que ele está trabalhando com desconto; ou vai para o cinema com desconto; ou, quem sabe, ele vai para a academia com desconto […]”.

“Nós já fizemos uma primeira conversa com algumas instituições, algumas delas sinalizaram até 60% de descontos em alguns cursos.”

O programa deve passar a valer ainda neste mês. O GDF já viabilizou protocolo de intenções com duas universidades e avançou conversas com representantes de hotéis.

Também estiveram presentes o diretor-presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, o secretário de Economia, André Clemente, representantes das faculdades UniCeub e Estácio Brasília, entre outras autoridades.

Plano de saúde

É a segunda ação em prol do servidor público realizada pelo GDF em um curto espaço de tempo. No dia 28 de outubro, o Executivo lançou o plano de saúde para servidores. Embora voltado para funcionários do governo, a medida deve desafogar as unidades públicas de saúde, abrindo vagas para todos os cidadãos da capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade