fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

DF escolta 64 caminhões e 100% da frota de ônibus funciona amanhã

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O governo do Distrito Federal fez um balanço positivo do esforço para distribuição de gasolina adotado no sábado, 26, e que escolta 64 caminhões neste domingo, 27. Com combustível entregue nas garagens, toda a frota de ônibus que atende Brasília e o entorno funcionará normalmente na segunda-feira, 28. As aulas da rede pública de educação, porém, estarão suspensas amanhã diante dos transtornos gerados pela paralisação dos caminhoneiros.

“Entendemos que ainda haverá a ausência de alunos e professores, o que pode atrapalhar o conteúdo pedagógico. Essas aulas serão repostas posteriormente sem prejuízo para os alunos”, informou o governador Rodrigo Rollemberg após reunião de um gabinete de crise criado pelo governo local. Apesar das escolas fechadas, as creches poderão manter o serviço regular porque, segundo o governo local, a “alimentação e o transporte destinados a essas unidades não foram afetados”.

Leia também:

Comércio do DF teme colapso com greve dos caminhoneiros
Rollemberg descarta estado de emergência no DF
Governo ignorou pedidos do movimento dos caminhoneiros

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na reunião, foi feito balanço positivo da retomada da oferta de gasolina para a região. Apenas no sábado, foram realizadas cerca de 200 escoltas de caminhões-tanque para o transporte de combustível de uma base de distribuição da Petrobras nos arredores de Brasília até os postos em todo o Distrito Federal.

O esforço garantiu o fornecimento de 4,2 milhões de litros – volume suficiente para encher o tanque médio de 40 litros de 105 mil carros. Também foram escoltados caminhões com sulfato de alumínio (material para tratamento de esgoto), e também com ração para alimentar suínos e aves. Neste domingo, há 64 caminhões distribuindo combustível com escolta.

A partir de agora, ficou acertado que a prioridade para o governo local é retomar o abastecimento de álcool anidro e gás liquefeito de petróleo (GLP). Para isso, o governador solicitou ao Exército escolta de 22 caminhões para a busca de álcool em Betim (MG). Também há cinco veículos que transportam GLP escoltados desde a cidade de Catalão (GO) por carros da Força Nacional e da Polícia Rodoviária Federal.

Fonte: Estadao Conteudo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade